A defesa do emprego, do trabalho com direitos, de aumentos salariais e do Estado social vai esta quinta-feira levar trabalhadores de todo o país a participar em ações de luta, que vão desde greves totais ou parciais a concentrações.

A readmissão na empresa, a verdade e a defesa do trabalho com direitos vai esta quinta-feira levar os ex-trabalhadores da Amorim Cork Composites, em Corroios, a participar numa ação de luta e a entregar um abaixo-assinado na empresa onde “irão exigir que seja reposta a verdade e o respeito pelos seus postos de trabalho”.

Em causa está, de acordo com a União de Sindicatos de Setúbal, o facto de “a administração da empresa, ter enganado os trabalhadores com uma falsa deslocalização para Sta. Maria da Feira, levando a que os trabalhadores rescindissem os seus contratos de trabalho, alegando prejuízo sério”.

No entanto, os sindicalistas referem que “passados seis meses a empresa continua a funcionar nas suas instalações em Corroios, recorrendo para tal à contratação de trabalhadores com vínculos precários”.

Partilhe esta notícia