O Presidente da CPD de Setúbal do CDS-PP, Nuno Magalhães, em comunicado, na sequência do VI Congresso Distrital da Juventude Popular no qual foi aprovada uma moção inédita que, no essencial, defende o fim das corridas de touros em Portugal, realça “a autonomia da JP nos termos dos estatutos do Partido e sublinhando que a matéria relativa à “Festa Brava” tem sido sempre objeto de liberdade de voto no grupo parlamentar do CDS-PP”, sublinhando, no entanto, que a “a posição firme da CPD de muitos anos a esta parte é no sentido de reconhecer que a tradição e o inestimável valor cultural e económico que o sector taurino constitui para Portugal e em concreto para o Distrito de Setúbal”.

 

Leia o comunicado na íntegra:

1 – A CPD do CDS de Setúbal congratula-se com a realização do VI Congresso Distrital da Juventude Popular.

2 – Saúda a eleição do presidente Francisco Soromenho Marques, bem como a da nova Comissão Politica Distrital da Juventude Popular e todos aqueles que a compõem.

3 – Regista ainda a significativa participação de convidados e congressistas que valorizaram o debate de ideias na discussão das diversas moções apresentadas.

4 – Por fim, a CPD, respeitando a autonomia da JP nos termos dos estatutos do Partido e sublinhando que a matéria relativa à “Festa Brava” tem sido sempre objeto de liberdade de voto no grupo parlamentar do CDS-PP com votações tão diferenciadas como a favor, contra e abstenção, sublinha que a posição firme da CPD de muitos anos a esta parte é no sentido de reconhecer que a tradição e o inestimável valor cultural e económico que o sector taurino constitui para Portugal e em concreto para o Distrito de Setúbal.

Partilhe esta notícia