Portugal é um país fortuito em novelas. Não, não nos estamos a referir às novelas que passam, à hora do jantar, na TVI, SIC ou RTP, referimo-nos sim, às «novelas políticas». Se na semana passada disparou o escândalo dos Vistos Gold, nesta semana o tiro acertou em cheio em José Sócrates, que após uma relaxante viagem a Paris teve direito a um (muito menos) relaxante fim-de-semana no Campus da Justiça. Fim-de-semana esse que terminou com uma prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora.

 

TOP Novela Sócrates

 

1º Lugar: A vida no estabelecimento Prisional de Évora

O ex-primeiro-ministro chegou à prisão de Évora e não demorou muito a fazer amigos. Zé Naifas, um dos reclusos do Estabelecimento Prisional de Évora (e colega de cela de José Sócrates) esteve à conversa connosco. Nessa conversa ele revelou-nos algumas das exigências que o ex-primeiro-ministro fez à chegada à cela: «Men, o gajo tem a mania toda! Ah, e tal, e coiso, e pimba, já fui primeiro-ministro e o caraças… Assim que chegou à minha cela começou logo com exigências que queria dormir na cama de baixo do beliche. Conclusão, espetei-lhe logo uma estampilha nas fuças que até subiu as paredes. Mas depois tive pena dele e acabámos os dois na cama de baixo, em conchinha, a ler o livro dele. Até que foi uma noite bem passada. O «Sócas» é um gajo porreiro, pá. Não digam a ninguém, mas eu adoro aquele cabelo grisalho. Amanhã vou fazer-lhe uma surpresa nos chuveiros…»

(Zé Naifas, Zé Naifas, tu vê lá onde é que te estás a meter. Olha que quem se mete com políticos normalmente acaba enraba… Lixado, estás a ver?!)

 

2º Lugar: Mais um processo para Sócrates!

Felícia Cabrita é uma jornalista que ficou famosa por ter investigado vários casos mediáticos, como por exemplo, os casos do Capitão Roby, Casa Pia, Face Oculta e o Estripador de Lisboa. A jornalista é conhecida por ser uma investigadora de excelência, conseguindo assim prever o que vai acontecer no futuro. Segundo ela, futuramente, José Sócrates poderá estar a braços com um novo processo. Passamos a citar: «Isto não fica por aqui. Tenho investigado aqui e ali, além e acolá, lá ao fundo e ali ao lado, e sei que o pseudo-engenheiro José Sócrates vai ser novamente acusado! Desta vez por doping! Ninguém sabe disto, mas ele foi acusado de usar substâncias ilícitas durante a participação da Mini Maratona de Lisboa, em 2010. Só que o caso foi abafado porque era o Primeiro-ministro na altura. Mas agora, eu vou revelar tudo! Ai não que não vou. Vou entalá-lo mais que uma dúzia de salsichas numa lata de oito! Muahahahahahahah!»

(Deixa lá isso Felícia… Nós temos a certeza que, por esta altura, o Sócrates já foi entalado que chegue…)

 

3º Lugar: Livro de Sócrates à venda por uma pechincha

No meio deste furacão que foi a detenção do ex-primeiro-ministro, veio a saber-se que «Sócas», através do seu amigalhaço Carlos Santos Silva (ex-administrador do grupo Lena), adquiriu cerca de 10 mil exemplares do seu livro «A Confiança no Mundo» com o intuito de conseguir colocar o livro no top nacional de vendas. Jacinto Intruja Léguas (um vendedor da Feira da Ladra) confidenciou-nos o seguinte: «Eh pá, isto tem sido uma guerra do caraças! Um sornas qualquer, Carlos… qualquer coisa, pediu a um primo, de um amigo, de um tio, de um vizinho meu, para vender cerca de 10 mil livros que tinha lá por casa. Parece que o autor precisava de dinheiro para pagar ao advogado, ou lá o que era. Ora, a quem é que tinha de calhar a proeza? Aqui ao Jacinto, claro. 10 mil livros iguais! O pior é que nem a “três a 5€”, tenho conseguido vender. É da crise, men… A crise tem dado cabo do negócio à malta…»

(Pois é caro Jacinto Intruja Léguas. A crise é tramada… Vê lá tu bem, que já nem os políticos se safam…)

 

 

Texto escrito por: Gil Oliveira & Ricardo Espada

Visite-nos em:

http://estapafurdiosdoquotidiano.blogs.sapo.pt/

https://www.facebook.com/EstapafurdiosDoQuotidiano/

Partilhe esta notícia