Hoje, 13 de Maio de 2015, celebra-se uma vez mais a aparição da Virgem Maria a três crianças portuguesas (Lúcia de Jesus dos Santos, Francisco Marto e Jacinta Marto). Crianças essas que, hoje em dia, são conhecidas como os três pastorinhos de Fátima. GIL e RIC – autores do Estapafúrdios do Quotidiano – confessam ser pessoas muito pouco católicas mas abertas a novas ideias… (Atenção! Novas ideias apenas no que toca a religião, não a questões sexuais, ok?! Bom…) Foram até Fátima para se embeberem um pouco mais deste espírito religioso… O resultado deste “embebimento” foi, no mínimo, divinal. Ora vejamos…

 

Entrevista aos três novos pastorinhos de Fátima

 

Tendo em conta que os três originais pastorinhos de Fátima já faleceram, decidimos entrevistar outros três pastorinhos daquela bela localidade. José dos Santos Aparição de Jesus foi o primeiro pastor com quem falamos. O que ele nos disse foi bastante revelador:

«Oh Essa história da aparição está muito mal contada. Isso é tudo marketing para angariar malta para a pastorice. Eu confesso-vos que só enveredei por esta vida porque sempre me disseram que se conhecia gente famosa mas a verdade é que até agora zero. Nicles batatóides. Conheço a Adelaide, uma miúda que anda por aí a pastar cabras e já fez um filme caseiro com o Tozé, o depravado da aldeia. Conheço o Juca, um brasileiro anão que anda sempre de volta das minhas ovelhas. E conheço o Padre António, que diz que é produtor de filmes infantis e fotógrafo profissional. Fora esses três não conheço mais ninguém Farto-me de olhar para os céus, a ver se vejo a nossa Senhora, e a única coisa que vejo é caca de andorinha. Mais nada Isto é tudo um engano, é o que é!»

(Ó José, e por falar em enganos Talvez seja melhor não te dares muito aí com o Padre António. É que quer-nos cá parecer que ele não é assim tão famoso quanto diz. Pelo menos até agora. Quando for preso talvez seja mais um bocadinho!)

 

Após falarmos com José dos Santos Aparição de Jesus, fomos falar com a sua amiga Adelaide (que em boa verdade se chama Maria Adelaide do Espírito Santo), que nos contou que decidiu ser pastora porque não arranjava emprego na cidade…

«Mas vocês já viram o meu nome? Como é que é suposto uma miúda arranjar emprego, em Lisboa, com Espírito Santo no nome?! Vá… Digam-me!! Depois da porcaria que o meu tio fez ninguém emprega um Espírito Santo em lado nenhum. Só para vocês verem o quão má está a fama do Espírito Santo, fiquem sabendo que já nem o padre lá da igreja toca no nome nele. Agora, quando dá a missa, diz só: ‘Em nome do Pai, do Filho e… Amén!’ Isto é uma pouca vergonha, é o que é…»

(Ó Adelaide, não fiques triste. Pode ser que enquanto andas as pastar as tuas cabras apareça a Nossa Senhora de Fátima e te conte o segredo «Onde é que pára o dinheiro que o teu tio roubou ao BES».)

 

O Terceiro pastor foi o que mais nos surpreendeu. Messias Jesus da Ressurreição, oriundo da Cruz Quebrada, confessou-nos que tinha na sua posse o quarto segredo de Fátima. Como é óbvio não descansámos enquanto ele não partilhou tamanha informação connosco…

«Não conto! Já disse Não insistam que eu não conto! A Nossa Senhora disse que este segredo só devia ser desvendado em 2023, que é quando os pólens irão atingir o seu pico em Portugal. Ah! Raios Já falei de mais. Bom, não interessa. Vocês também não vão contar a ninguém, pois não?! Então é assim: na semana passada, andava a espirrar que nem um doido, e aparece-me a Virgem Maria. Primeiro pensei que fosse um bocado de pólen que me tinha entrado no olho, mas depois percebi que não. Que era uma pessoa de alma e luz. E ela diz-me assim: ‘Meu filho O segredo está em Deus! Segue-o e ele te curará.’ E nisto some-se Confesso-vos que em primeira instância fiquei muito confuso. Mas depois, assim que cheguei a casa, descobri na minha caixa de correio um folheto que dizia ‘MESTRE DEUS MAMADU! Cura mau-olhado, amarração, desamarração, impotência, traição, alergia ao pólen, vírus no pc, etc‘ E aí tudo fez sentido. Deus me curará! ALELUIA!»

(Hum Ó Messias, quer-nos cá parecer que a Nossa Senhora de Fátima não estava a falar desse Deus. Talvez seja melhor começares a procurar Deus na igreja em vez do procurares na caixa do correio)

 

Texto escrito por: Gil Oliveira & Ricardo Espada

Visite-nos em:

http://estapafurdiosdoquotidiano.blogs.sapo.pt/

https://www.facebook.com/EstapafurdiosDoQuotidiano

Partilhe esta notícia