Segundo parece, finalmente, chegou o mês do calor. Sim, é verdade! O bom tempo está aí para ficar! Agora é que vai começar o Verão «à séria»! Ok, é certo que já estamos em Outubro e que, por isso, não podemos exigir muito dele mas já a minha avó dizia: “Mais vale tarde, do que nunca!”. Esta velha máxima (e atenção que não me refiro à minha avó) pode perfeitamente ser comprovada através das histórias que lhe trazemos hoje. Ora vejamos…

 

Top Estapafúrdios “Mais vale tarde do que nunca!”:

 

1º Lugar: George Clooney finalmente deu o nó

No passado dia 27 de Setembro o actor George Clooney casou-se com a advogada Amal Alamuddim. Uma cerimónia muito bonita, cheia de glamour e repleta de gente famosa. Felizmente para nós, um dos convidados era nada mais, nada menos, que um dos nossos investigadores. Zé (nome fictício, para ele não vir a sofrer represálias por parte de um bando de fãs incondicionais do actor) perguntou a Clooney porque raio tinha ele demorado tanto tempo até decidir dar este passo. A resposta foi espantosa: “Durante vários anos tive imensas mulheres à minha disposição: loiras, morenas, altas, baixas, gordas, magras, novas, velhas, pude experimentar de tudo um pouco. E foi graças a todas essas experiências que consegui decidir como deveria ser a mulher perfeita para mim! Após decidir, foi tudo muito rápido. Liguei para os meus contactos do Líbano expliquei o queria e fiz a encomenda. Depois, foi só esperar. É certo que demoraram alguns anos até a entregarem, mas todos nós sabemos que isto dos raptos infantis demora o seu tempo, não é verdade?!”
(Hum?! Contactos do Líbano? Encomenda? Rapto? Ó George, não estamos a perceber… O excesso de cafeína anda a afectar-te os neurónios, não anda?)

 

2º Lugar: António Costa ganha eleições primárias do PS.

António Costa foi o justo vencedor, das eleições do P.S., para a candidatura a primeiro-ministro. O Estapafúrdios do Quotidiano questionou-o sobre quais seriam as propostas que ele estaria a pensar apresentar para convencer os Portugueses a votarem nele: “Ainda não pensei bem nisso mas a única coisa que vos posso dizer é que, se ‘o outro’ era um candidato Seguro, eu sou um candidato que ninguém o segura! Um candidato forte! Um candidato decidido! Um candidato que sabe o que quer! E, neste momento, o que eu quero mesmo é uma chamuça… Hum… Adoro chamuças…”


(E mais uma vez ficou comprovado que aquele que se safa sempre, não é o tipo que está Seguro, mas sim aquele que consegue chegar à Costa. E de preferência com uma chamuça na mão.)

 

3º Lugar: Portugal é campeão Europeu de ténis de mesa.

Outra grande notícia desta semana foi a vitória de Marcos Freitas sobre Timo Boll, no campeonato Europeu de ténis de mesa. Vitória essa que fez com que, pela primeira vez na vida, Portugal alcançasse o título de campeão Europeu. O Estapafúrdios do Quotidiano chegou à fala com Marcos Freitas, João Monteiro e Tiago Apolónia que nos confidenciaram o seguinte: “Nós ganhámos este campeonato pelo bem da nossa Nação, para limpar a honra de Portugal junto dos alemães e, acima de tudo, para mostrar à cambada de coxos que jogam futebol na Selecção Nacional, como é que se faz! Ex.mos senhores da FPF se querem ganhar títulos façam como a malta da FPTM fez: entreguem as bolas a quem realmente as merece! Se eles forem tão bons com as bolas nos pés, como nós fomos com as bolas nas mãos, certamente acabarão por vos dar muitas alegrias!!”

(Bem dito! Apoiado! Agora permitam-nos só uma pergunta: isso das bolas nas mãos, tudo bem. Agora… Bolas nos pés, será que não aleija?)

 

Texto escrito por: Gil Oliveira & Ricardo Espada

Visite-nos em:

http://estapafurdiosdoquotidiano.blogs.sapo.pt/

https://www.facebook.com/EstapafurdiosDoQuotidiano/

Partilhe esta notícia