Está certo que o tema que mais se tem debatido nos últimos dias, tem sido o resultado das eleições. Não há um dia em que não se fale no facto de a coligação PSD/CDS (aka Portugal à Frente aka PÀF) não ter conseguido uma maioria absoluta nas mesas de voto. E isto tem sido suficiente para ocupar os telejornais ao almoço e ao jantar. Mas, no meio desta agitação política que o país atravessa, há que não esquecer algo que tem passado despercebido à maioria do país, mas não ao Estapafúrdios do Quotidiano: falamos, obviamente, do novo reality show da TVI — “A Quinta”. O programa consta em “encafuar” várias personalidades famosas do país dentro de uma quinta com animais, e ver depois no que resulta esta mistura. Ora o Estapafúrdios do Quotidiano, sempre preocupado com os pormenores que mais interessam, mas que habitualmente passam despercebidos ao povo português, falou com três pessoas bastante indignadas com este programa. Ora vejamos de quem se tratam…

 

1 – Pastor

 

Zé Toino, um pastor bastante conhecido a nível nacional e até a nível internacional — mais propriamente em países como a Mongólia, Arzerbeijão e, segundo ele, os Açores… — está muito indignado com a direcção do programa, visto que, e passamos a citar: “falta lá a espécie animal mais importante do mundo…”

 

“É isso mesmo que vós ouvistes! Aquela malta não percebe nada de animais! Atão eu quis lá colocar umas obelhas para alegrar aquela quinta, mas nã me deixarem! Atão mas estamos a brincar com o trabalho das pessoas, é? Ah e tal, vamos só colocar cabras na quinta, porque a obelha larga muito pêlo e isso cria muita sujidade para os moçoilos limparem! Ai, coitadinhos dos moçoilos Isto é uma falta de respeito para com as obelhas! Se largam muito pêlo? Largam, sim senhor! Se sujam muito? Eh pá, sujam pois! Mas quando querem casaquinhos quentinhos feitos de lã de ovelha, aí o caso já muda de figura, não é verdade? Oh pá, ides mas é faltar ao respeito a quem vos fez os corn…”

 

(Eish, que tivemos de interromper o shôr pastor, antes que ele dissesse algo que mais tarde se podia vir a arrepender… Mas, de facto, isto é uma falta de respeito para com as ovelhas, que rapam frio no inverno só para os VIP´s andarem quentinhos… Não há respeito! Esperemos que o PAN esteja atento e faça algo em relação aos direitos das ovelhas!)

 

2 – Toureiro

 

Márcio Rabudo, é um toureiro igualmente bastante indignado com a direcção do programa d’ A Quinta, que nos confidenciou o seguinte:

 

Mês amigos, muita atenção que eu não tenho muito tempo para conversetas, porque tenho de ir treinar para uma tourada. Então é o seguinte, pá. Eu, como amante desta grande tradição portuguesa que é a Tauromaquia, não posso deixar de demonstrar o meu total desagrado para com esse programa que passa na TVI. E porquê? Pelo seguinte: aquilo é uma quinta repleta de animais, e não tem sequer um toiro. Ora, isso é um ultraje para com os amantes da Tauromaquia! Então uma quinta sem um toiro, caramba?! Mas que falta de respeito vem a ser esta? E ainda por cima aquela quinta, que passa todos os dias na televisão e podia muito bem ajudar a divulgar a prática da Tauromaquia, colocando uns toiros bravos lá dentro. E mais! Toda a gente sabe que, numa quinta onde exista uma data de vacas tresloucadas, é preciso colocar um toiro lá no meio para colocar ordem naquilo Ora, então tenho ou nã tenho razão? Falta lá um toiro para colocar ordem naquilo, ou não? E rápido, antes que elas ganhem todas a doença das Vacas Loucas Ah, pois é… Agora vou indo Ei, Ei, EI! Ah, toiro! Ah, toiro! Anda cá, toiro! Ah, toiro lindo!

 

(Hum… Então mas… que nós saibamos, só existe uma vaca dentro da quinta, e sendo assim não existe a necessidade de lá colocar um toiro para colocar ordem naquilo… A menos que o toureiro esteja a referir-se a… hum… é melhor ficarmos por aqui…)

 

3 – Veterinário

 

João Pica-das-Neves é um consagrado veterinário que, segundo conseguimos apurar, pertenceu à equipa de veterinários que trataram dos animais d’ A Quinta, antes de lá serem colocados. Bastante indignado, contou-nos o seguinte:

 

Companheiros, só vos digo uma coisa: aquilo vai dar porcaria! Sabem porquê? Porque ninguém me quis dar ouvidos! Eu fartei-me de avisar que se deviam preparar melhor os animais antes de os colocar lá dentro. Sim, aquilo é uma quinta. Mas não é uma quinta qualquer! É uma quinta famosa que vai estar constantemente debaixo dos holofotes das câmeras! Não é uma quinta localizada nos recônditos do Alentejo, onde o que se passa lá dentro fica lá dentro. Naquela quinta, tudo vai ser visto e revisto pelos portugueses e, como tal, eu fiz força para que os animais fossem melhor preparados lá para dentro! E sabem porquê? Porque aquilo está repleto de gente famosa. E gente famosa, normalmente, tem fetiches muito estranhos. Companheiros, eu pedi expressamente para que os animais fossem todos vacinados contra as DST´s — Doenças Sexualmente Transmissíveis. Ninguém me levou a sério, mas eu só espero que nenhum daqueles famosos tenha o fetiche do bestialismo, e pegue Clamídia, Gonorreia ou mesmo HIV a um dos animais! Porque se isso acontecer, vão ter de levar comigo! Comigo e com o PAN! Companheiros, se há coisa com que não se pode brincar, é com a saúde dos amimais E agora vou indo, que tenho o gato do José Castelo Branco na mesa de operações, À espera de uma cirurgia urgente…”

 

(Eh pá, estamos com este veterinário! A coisa que mais repudiamos e dispensamos ver é aberrações da natureza. É que a mistura de pessoa com animal, normalmente não dá em coisa boa, não… Coitados dos animais da quinta, sejam eles quem forem…)

 

 

Visite-nos em:

http://estapafurdiosdoquotidiano.blogs.sapo.pt/

E faça like na nossa página do Facebook:

https://www.facebook.com/EstapafurdiosDoQuotidiano

Partilhe esta notícia