2016 é um ano de mudança. Uns mudam para melhor, outros para pior… Isto claro, partindo do princípio que acreditamos que existe o Paraíso e o Inferno. É que tendo em conta a velocidade alucinante com que as personalidades famosas têm falecido, estamos em crer que a cerimónia da entrega dos Óscares este ano vai ser uma seca. Só no espaço de uma semana faleceu Fernando Ávila, Alan Rickman e David Bowie – um realizador, um actor e um cantor que também foi actor. O Estapafúrdios do Quotidiano, em jeito de homenagem, decidiu ir falar com alguns famosos portugueses para saber o que têm a dizer sobre estas tragédias…

 

 

Nicolau Breyner:

Encontrámos o Nicolau Breyner a vaguear pelo Buddha Eden, ostentando apenas uma túnica branca e a benzer os budas que lá existem, e perguntámos-lhe sobre o que achava de todas estas mortes tão repentinas…

 

«Meus filhos, a morte não existe. Existe apenas uma passagem para a outra vida. Digo-vos eu que sei do que falo. A única coisa que morre é o nosso corpo. Um monte de carne pútrida, fétida, sem valor nem significado. Já a Alma, essa acaba por subir aos céus onde se juntará a mim. Claro que há aqueles que são pecadores e a sua Alma irá apodrecer no Reino dos Infernos, mas este não é o caso. Bowie, Rickman e Ávila faleceram pois Deus, que é como quem diz, eu, necessito deles. Estou a pensar fazer uma sequela dos 7 Pecados Rurais e estou a tentar reunir uma boa equipa para fazê-lo. Só espero é que o Bowie não se meta lá com as mariquices dele, senão corro logo com ele para o Inferno…»

 

(Oi?! Hum…? Ó Nicolau diz-nos só uma coisa: o Buddha Eden faz parte da Quinta da Bacalhôa, não faz? E a Bacalhôa é aquela quinta famosa pelos seus vinhos e moscatéis, não é verdade? Pois… Quer-nos cá parecer que talvez tenhas bebido um bocadinho de mais. Isso ou andas a transformar demasiadas vezes a água em vinho, uma das duas.)

 

 

Manuel Marques:

 

Um dos famosos que faleceu (Fernando Ávila) era o realizador do programa “Donos Disto Tudo”, um programa onde Manuel Marques é um dos protagonistas. Como tal, decidimos falar com ele para saber como estava…

 

«AIIIII! Vocês não me digam nada… AIII estou tão triste… E eu que gostava tanto dele. E do outro. E do outro também. Gostava de todos. Aiii que tristeza… Não deviam ter falecido. Eles eram tão novinhos, coitadinhos. Este mundo é mesmo cruel. Um dia estamos aqui e no outro estamos debaixo da terra. Aiii que tragédia… Mas se querem que vos diga não foi a morte do Ávila a que me custou mais. A do Snape é que deu conta de mim. Pobre Snape. Logo agora que ele tinha provado estar do lado do Harry Potter é que a Nagini dá conta dele. Sim, porque essa história do cancro é apenas uma invenção do Lord Voldemort, eu sei. Sabem o que vos digo?! Quando apanhar esses Dementors eu faço-lhes um Avada Kevadra que eles vão ver.»

 

(Ah! Exacto. Faz todo o sentido. Como é que nós não nos lembrámos logo disso. Pois… Exacto… Cu-cu… Cu-cu… alguém não tomou os medicamentos hoje…)

 

Herman José:

 

Se existe, indubitavelmente, uma personalidade famosa no panorama televisivo português, essa personagem é Herman José. O actor/cantor/entrevistador/enterteiner português falou connosco e mostrou-se deveras preocupado com toda esta situação…

 

«SOOCOOOOROOOOO! Vocês ajudem-me! Ajudem-me! A morte anda atrás de mim. Ai anda, anda! O próximo sou eu. Vocês oiçam o que vos digo. A morte anda atrás de mim… Primeiro foi o Bowie, depois o Rickman, agora o Ávila… Vocês não estão a ver o rumo que isto está a levar?! Um cantor, um actor, um realizador, sendo que pelo menos um destes três era gay… O próximo sou eu! Vocês ajudem-meeeee. Mas também vos digo, não vou sem dar luta. Ai não que não dou. Ui se não dou. Não me chame eu Hermann Josëph von Krippahl.
Möchten Sie mich zu Tode zu nehmen? Würden Sie? Es ist das wollte…»

 

(Entretanto Herman José começou a disparatar insultos e ameaças em Alemão, e decidimos vir embora. Ele estava tão fora de si, mas tão fora de si, que parecia que estava possuído pelo fantasma do Hitler…)

 

 

 

Visite-nos em:

http://estapafurdiosdoquotidiano.blogs.sapo.pt/

E faça like na nossa página do Facebook:

https://www.facebook.com/EstapafurdiosDoQuotidiano

 

Partilhe esta notícia