Milhões e milhões….

Enquanto vamos vendo o aumento dos prazos de espera para as operações nos hospitais, escolas com salas de aula onde chove dentro e nunca mais se definir uma estratégia para combate à pobreza neste país, sabemos agora que Costa e seus “friends” no governo vão ter cerca de 71 milhões para os seus gabinetes e um aumento da despesa para viagens.

O Pinheiro de Azevedo em 1975 é que resumiu bem quem são os portugueses: “O povo é sereno, é só fumaça é só fumaça”.

Semana Temática da Deficiência

A 11ª edição da Semana Temática da Deficiência tem início de 1 a 9 de Dezembro.  O evento organizado pelo Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal, tem início

pelas 10h30, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, com a sessão cinematográfica intitulada “Cineautismo”. Um momento dedicado a crianças e jovens com perturbações do espectro do autismo. Ao longo desta edição, várias actividades culturais e desportivas com entradas gratuitas.

O meu aplauso para esta iniciativa!

Honestidade

Miguel Esteves Cardoso escrevia nas páginas do Público esta semana: “A honestidade leva sempre a sarilhos. A honestidade leva-nos sempre a prejudicarmo-nos a nós próprios. É um fraco consolo quando perdemos os nossos amigos e estamos desempregados poder dizer a quem nos queira ouvir “pelo menos, disse sempre o que me ia na alma, sem rodeios e paninhos quentes”.

E eu assumo e confirmo este sábio pensamento.

Marcelo quer saber ponto de situação sobre os sem-abrigo

O Presidente da República patrocinou em Belém uma reunião de trabalho esta semana com vários parceiros sociais para pressionar o governo sobre a problemática dos sem-abrigo estar resolvida até 2023. 

Uma boa iniciativa desde que não passe apenas das “boas intenções”?!

Morreu José Mário Branco

Morreu o meu cantor de intervenção preferido! 🙁

Tive a honra de falar com José Mário Branco umas 4 ou 5 vezes. Duas delas pessoalmente.

Admirava-o não só como músico, mas também como grande ser humano que era.
Comigo era de uma simpatia extrema, das vezes que falámos, sempre teve uma atenção para me ouvir e trocar opiniões.

Que descanse em Paz, que nós por cá vamos continuar a ouvir as suas excelentes músicas.

Frase para reflectir:

Que continuemos a nos omitir da política é tudo o que os malfeitores da vida pública mais querem.

Bertolt Brecht

Aceito críticas e sugestões: claudioanaia@gmail.com

Partilhe esta notícia