“Curtas e Directas”  com …. Cláudio Anaia

Ponte Barreiro – Seixal

Por motivos de ordem pessoal e profissional reparto a minha vida entre os concelhos do Barreiro e Seixal. Em linha recta, ambas as cidades estão separadas em 400 metros. Lembro-me quase diariamente, o disparate que é, quando tenho que fazer mais de 16 Km e perder cerca de 25 minutos neste objectivo. Durante mais de duas décadas comento este facto com muitas pessoas.

Mas parece que ambas as autarquias acordaram agora e comunicaram que “A construção de uma ponte rodoviária que ligue o Seixal ao Barreiro é uma prioridade fundamental, pois esta infraestrutura permitirá aproximar os dois concelhos, facilitar a circulação das suas populações, bem como garantir as ligações de actividades económicas à rede local, regional, nacional e internacional”. Apesar de ser uma posição eleitoralista, mais vale tarde do que nunca e que se avance.

Hospital do Barreiro

Infelizmente, o Hospital do Barreiro é inúmeras vezes notícia por maus motivos.
Desta vez, no dia da criança sabemos que o Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) anunciou que conta, com uma equipa de Cuidados Paliativos Pediátricos, “a primeira da Península de Setúbal”.

A equipa é constituída por dois pediatras, dois enfermeiros, um psicólogo e um assistente social, encontrando-se disponível 24 horas por dia, adianta o CHBM. O Serviço de Pediatria abrange a população pediátrica dos concelhos de Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, com idade compreendida entre os 0 e os 18 anos.

Um bem-haja e aqui ficam os votos de bom trabalho.

Terrorismo

Começa a ser habitual haver atentados terroristas por essa Europa fora. Se é verdade que defendo que a Europa deve estar aberta para acolher refugiados e pessoas que precisem de ajuda, temos que começar a criar regras, pois nestes últimos anos já morreram algumas centenas de pessoas.

Se acho absurdo a atitude daqueles que mascarados de fascistas intolerantes rejeitam o seu próximo apenas por ser diferente, não acho nada inteligente apoiar aqueles, que em nome de ideologias, esquecem o carácter retrógrado da mensagem do islamismo radical, a imposição de motivações terroristas e afastam, com uma facilidade, o frontal questionamento face à natureza bárbara dos actos indiscriminados que ciclicamente atingem civis inocentes.

Para pensar:

 Salário Mínimo na União Europeia

1º Luxemburgo    1998,59 

2º Holanda          €  1551,60

3º Bélgica             € 1531,93

4º França              € 1480,27

5º Irlanda             €  1295,00

12º Portugal         €  557,00

 

 

claudioanaia@gmail.com

Partilhe esta notícia