Apesar de a largada inaugural das festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem ter causado dois mortos e dois feridos na madrugada de sexta-feira para sábado, a avenida principal da vila da Moita voltou hoje, de manhã, a receber os touros em pontas que causaram, de acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários da Moita, Carlos Picado, em declarações ao Distritonline dois feridos.

A avenida Teófilo Braga, que durante dez dias transforma-se numa mega-arena improvisada, na qual milhares de pessoas divertem-se em torno do principal anfitrião das Festas da Moita, o Touro, ficou marcada pela tragédia no primeiro dia das Festas da Moita.

Vítor Varela, trabalhador da construção civil, de 46 anos e José Liza, estudante, de 27 anos, foram colhidos pelo touro, em momentos diferentes, na largada inaugural. O trabalhador da construção civil quando tentava refugiar-se nas traseiras de um dos burladeros que estão espalhados pela avenida. O estudante terá sido, de acordo com os relatos dos populares, atingido no peito, ficando com uma perfuração na zona do pulmão. Vítor Varela faleceu, segundo o comandante, “à entrada do Hospital do Barreiro” e José Liza “durante a cirurgia”.

Partilhe esta notícia