Hoje, na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, o Deputado de “Os Verdes”, José Luís Ferreira, confrontou o Ministro da Saúde com o atraso na construção do prometido Hospital do Seixal e com a sobrelotação do Hospital Garcia de Orta que serve, atualmente, uma população de 450 000 habitantes quando foi inicialmente projetado para 150 000.

O Deputado ecologista relembrou o Ministro da Saúde que o acordo estratégico, assinado pelo Governo em 2009, apontava para a conclusão desta infraestrutura hospitalar no ano de 2012, ou seja, há 3 anos. Acontece, porém, que, apesar de estarem já asseguradas as acessibilidades e o terreno para a sua edificação, que pertence ao Estado, a sua construção ainda nem sequer se iniciou.

O PEV lamenta que, na sua resposta, Paulo Macedo tenha afastado a hipótese de construção de um Hospital no Concelho do Seixal, por falta de recursos humanos, desvirtuando assim uma promessa feita há largos anos pelos vários Governos e, sobretudo, continuando a penalizar as populações da Península de Setúbal no que diz respeito ao acesso aos cuidados de saúde.

A intervenção do Deputado de “Os Verdes” pode ser vista em:

Partilhe esta notícia