Os deputados do CDS-PP Nuno Magalhães e do PSD Pedro do Ó Ramos, Maria Luís Albuquerque, Bruno Vitorino e Maria Mercês Borges, todos eleitos pelo círculo de Setúbal, questionaram o Ministro da Educação sobre a falta de assistentes operacionais no Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal, problema que se tem vindo a agravar nos últimos meses.

Na pergunta, os deputados questionam quando pensa o Governo abrir concursos para assistentes operacionais para o próximo ano letivo e, enquanto o concurso não é aberto, que medidas temporárias pensa o Governo implementar para resolver de imediato esta situação.

A falta de assistentes operacionais no Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal tem implicações nos serviços prestados aos alunos, concretamente na falta de vigilância / segurança dentro do recinto escolar, no encerramento frequente da biblioteca e dificuldades de funcionamento do serviço de cantina, entre outros.

 

Na Escola Secundária de Alcácer do Sal, com uma população escolar de cerca de 500 alunos, no presente momento, apenas se encontra um funcionário disponível para a vigilância total da escola, atendendo às baixas médicas.

 

Na Escola Básica Pedro Nunes, onde existem 220 alunos, apenas se encontram disponíveis dois funcionários para a vigilância dessa escola.

 

Este é um problema que deve ser resolvido rapidamente pelo Ministério da Educação, porquanto centenas alunos não podem ter em risco a sua segurança, nem a sua alimentação, devido à falta de assistentes operacionais.

 

 

Partilhe esta notícia