Os deputados do PSD do distrito de Setúbal defendem que seja encontrada uma solução rápida para que a requalificação do Santuário do Cabo Espichel possa finalmente avançar, evitando assim uma maior degradação do espaço.

Os social-democratas, juntamente com o vereador do PSD, Francisco Luís, e o presidente da concelhia local, Lobo da Silva, reuniram com o presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Augusto Pólvora, para fazerem um ponto de situação de todo este processo, bem como as soluções apresentadas pela autarquia.

Os deputados do PSD foram informados que a Câmara Municipal “está disponível para avançar com a recuperação faseada da ala norte do Santuário”, tendo sido proposta uma permuta entre o estado e o município.

A autarquia propôs que o Santuário passasse para a sua posse, e em contrapartida o estado receberia a propriedade do prédio onde está implantada a Escola Secundária de Sampaio.

Neste sentido, a Câmara Municipal poderia candidatar-se a fundos comunitários para a requalificação da ala norte do Santuário do Cabo Espichel.

O deputado do PSD, Paulo Ribeiro, considera que esta é uma proposta “que ser tida em conta, pois permitiria que as obras de requalificação avançassem, para além de não onerar o estado, impedindo a degradação do Santuário”.

“De acordo com as informações prestadas, a Direção Geral do Tesouro e das Finanças já tem em sua posse esta proposta, faltando apenas a sua decisão. Esperemos que a mesma esteja para breve”, sublinha o social-democrata.

Paulo Ribeiro diz que a requalificação do Santuário do Cabo Espichel sempre foi defendida pelo PSD, pois este é um monumento “emblemático do concelho e da região”, o qual deve ser preservado e potenciado, podendo assim contribuir para o crescimento do setor turístico.

Partilhe esta notícia