Detalhes… no Reino encantado de Sesimbra… A Porta do Sol do castelo de Sesimbra…
“O poder de um ser humano não está na sua musculatura, mas na sua inteligência. Os fracos usam a força, os fortes usam a sabedoria.” – Augusto Cury

A porta do Sol, éra a principal porta de entrada do castelo medieval de Sesimbra, era por esta porta que circulavam animais e carroças, e aqui começava a principal rua do burgo de Sesimbra intramuros
O castelo de Sesimbra tambem é conhecido como Castelo dos Mouros, ergue-se em posição dominante numa falésia, sobre uma enseada que se constitui em porto natural na península de Setúbal, entre os estuários do rio Tejo e o do rio Sado.
À época da Reconquista cristã da península Ibérica, após a conquista de Lisboa (1147) a posse desta região oscilou entre muçulmanos e cristãos. Fracamente guarnecida, a fortificação de Sesimbra foi inicialmente tomada pelas forças de D. Afonso Henriques em 21 de Fevereiro de 1165, que lhe terão procedido a reparos e reforços nas defesas.
A quando da contra-ofensiva muçulmana que, resultou não só na perda de Silves como de grande parte da região do Alentejo, até à margem esquerda do rio Tejo. Os habitantes de Sesimbra, alertados pela queda de Alcácer do Sal e debilitados pela peste que então grassava no reino, abandonaram a povoação, que desse modo foi ocupada e arrasada pelas forças do califa almóada Abu Yusuf Ya’qub al-Mansur (1191).
D. Sancho I reapossou-se desta povoação por volta de 1200 com o auxílio de cruzados do Norte da Europa, aos quais ofereceu terras para colonização. Em 15 de Agosto de 1201 o soberano concedeu Carta de Foral à povoação, determinando-lhe a reconstrução do castelo “a partir dos alicerces”.
Sob o reinado de D. Sancho II, os domínios de Sesimbra e seu castelo foram entregues aos cavaleiros da Ordem de Santiago (19 de Fevereiro de 1236), na pessoa de seu Grão-Mestre, D. Paio Peres Correia. Estes monges intensificam os esforços do repovoamento, através da concessão de privilégios aos pescadores e aqui estabelecendo o couto de homiziados. Essa doação à Ordem foi confirmada em 22 de Fevereiro de 1255 por Afonso III de Portugal.


(38°27’8.21″ 9° 6’23.43″W) Sesimbra – Setúbal – Portugal
#Portugal #Sesimbra #Castelo #Medieval#Setúbal #Manumento #Muculmano #Santiago
©Daniel Jorge https://www.facebook.com/fotos.djtc.

— em Castelo De Sesimbra.

Partilhe esta notícia