A Orquestra Sinfónica Juvenil de San José, dos Estados Unidos, atua na sexta-feira, às 21h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, num espetáculo integrado numa digressão Ibérica, com direção do maestro Yair Samet.

A formação californiana, fundada há mais de sessenta anos e constituída por cerca de cem músicos, apresenta-se com o violinista solista Max Zorin em Setúbal no único concerto a realizar em Portugal no âmbito da digressão.

Madrid, Valência, Granada e Cádis, em Espanha, são as restantes cidades onde a Orquestra Sinfónica Juvenil de San José atua nesta passagem por salas de espetáculos da Península Ibérica.

A orquestra já participou em diversas digressões internacionais, com concertos nas mais prestigiadas salas de países como Irlanda, Bélgica, Holanda, Alemanha, Áustria, Japão, Chile e Argentina.

O preço dos bilhetes para o concerto a realizar na sexta-feira no Fórum Municipal Luísa Todi, organizado pelo Conservatório Regional de Setúbal, é de cinco euros para a plateia e quatro para o balcão.

Partilhe esta notícia