A Sessão de Arranque da 7ª. edição do “Escolas Solidárias Fundação EDP” decorreu esta semana na Escola Secundária Dr. Ginestal Machado, esta é a primeira etapa de um roadshow para a comunidade escolar que irá percorrer 10 distritos de norte a sul do país: Bragança, Porto, Viseu, Castelo Branco, Santarém, Lisboa, Setúbal, Évora, Beja e Faro. A iniciativa de promoção decorre entre 10 de outubro e 04 de novembro.

 

Recorde-se que na edição anterior o distrito de Setúbal contou com a participação de 11 escolas no “Escolas Solidárias Fundação EDP”, tendo a Escola Secundária D. João II sido distinguida como Escola Revelação logo na sua estreia.

 

O programa Escolas Solidárias Fundação EDP destina-se a todas escolas públicas e privadas do 2.º Ciclo ao Ensino Secundário e pretende mobilizar professores e alunos a serem agentes de mudança positiva, contribuindo para a melhoria de situações concretas identificadas nas comunidades onde estão inseridos. Na edição de 2016/17, o Escolas Solidárias Fundação EDP vai alargar-se também às ilhas da Madeira e dos Açores. E conta agora com o selo oficial da Secretaria de Estado da Educação e da Direção Geral da Educação.

 

Com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas, o Escolas Solidárias Fundação EDP apoiou, nos últimos 6 anos, mais de mil projetos de intervenção em áreas como Pobreza e Fome, Desemprego, Educação, Literacia, Saúde e apoio à População Sénior, entre outras. Mais de 620 escolas já participaram neste movimento.

 

No ano letivo 2015/16 esta iniciativa envolveu mais de 30 mil alunos e professores de 346 Escolas, os quais investiram Solidárias investiram mais de 2,5 milhões de horas em a desenvolver projetos com impacto na melhoria das condições de vida de mais de 140 mil pessoas.

Partilhe esta notícia