Os Artistas Unidos apresentam Doce Pássaro da Juventude de Tennessee Williams, com Maria João Luís Rúben Gomes nos papéis principais, numa encenação de Jorge Silva Melo. O espectáculo é apresentado a 5 de Março às 21h30 no Fórum Municipal Luísa Todi.

Uma actriz enfrenta o desastre de uma vida, longe dos doces anos da sua juventude. Um rapaz, Chance Wayne, de regresso à terra de onde partiu há anos à conquista do mundo. É Páscoa, mas não haverá ressurreição. Todos procuram voltar a um passado que imaginaram feliz. Enquanto decorre uma sórdida manobra política.

As duas personagens centrais de Doce Pássaro da Juventude são Princesa, uma actriz de cinema acabada em fuga do seu último desastre no ecrã e Chance Wayne, um jovem enérgico que esta conheceu. Aproveitando-se do alcoolismo de Princesa e da própria juventude e boa aparência, Chance seduziu-a até à sua cidade natal no sul dos Estados Unidos, de forma a poder rever a rapariga com quem teve um caso no passado, e por quem continuava apaixonado. A notícia do seu regresso espalha-se pela pequena cidade. Boss Finley, um político opressor e pai da jovem rapariga está especialmente interessado. O que Chance não sabe é que contaminou a rapariga com uma doença infecciosa, e que desde aí Boss, o seu filho Tom e respectivos bajuladores aguardam o seu regresso, e a sua vingança.

 

DOCE PÁSSARO DA JUVENTUDE de Tennessee Williams Tradução José Agostinho Baptista Com Maria João Luís (Princesa), Rúben Gomes (Chance Wayne), Américo Silva (Boss Finley), Catarina Wallenstein (Heavenly), Isabel Muñoz Cardoso (Tia Nonnie), Mauro Hermínio (Fly), Nuno Pardal (Tom Junior), Pedro Carraca (George Scudder), Pedro Gabriel Marques (Stuff), Rui Rebelo (Jackie), Simon Frankel (Provocador), Tiago Matias (Scotty), Vânia Rodrigues (Lucy), Eugeniu Ilco (Bud), Alexandra Pato (Edna), Mia Tomé (Violet), João Delgado, João Estima (Paquete), Francisco Lobo Faria, Nuno Gonçalo Rodrigues (rapazes) e a participação de João Vaz (Hatcher e trompete) Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Som André Pires Assistência de encenação Leonor Carpinteiro e Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo Uma produção Artistas Unidos/S. Luiz Teatro Municipal/Teatro Nacional S. João M14

 

A 5 de Março no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal

21h30

Reservas | 265 522 127

Partilhe esta notícia