O projeto “Scapulothoracic muscle contributions to scapula winging control”, desenvolvido pelo professor Ricardo Matias, docente da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS/IPS), recebeu a distinção “Visiting Scholar 2015”, atribuída pelo National Center for Simulation in Rehabilitation Research (NCSRR) da Universidade de Stanford.

Com esta distinção o docente tem a oportunidade de trabalhar em conjunto com a equipa de investigação do NCSRR, sobre o processo de validação de um modelo músculo-esquelético do ombro. O modelo permite a caraterização rigorosa do movimento do utente, a descrição das forças e ações musculares resultantes do movimento e explorar as relações de causa-efeito decorrentes da interação de ambos, o que contribuirá para um diagnóstico mais preciso da disfunção e para o melhor planeamento da intervenção.

A investigação tem sido realizada, sobretudo, no Laboratório de Análise de Movimento Humano da ESS/IPS liderado pelo docente Ricardo Matias e que integra uma equipa constituída por fisioterapeutas, médicos ortopedistas e fisiatras, engenheiros biomédicos e informáticos. A multidisciplinaridade da equipa tem sido fundamental para assegurar o objetivo principal do projeto, designadamente o desenvolvimento de uma plataforma gratuita que reúne e processa informação clínica e do movimento humano para suporte à tomada de decisão clínica.

Este é o quarto prémio alcançado pelo professor Ricardo Matias no último triénio, que se vem juntar à menção honrosa de investigação atribuída pelo COP/Fundação Millennium BCP e a outras duas distinções científicas internacionais, nomeadamente os prémios “Outstanding Researcher Award” e “2014 Travel Award”.