O Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, vai receber, nos dias 13, 20 e 29 de novembro, uma extensão do DocLisboa.- 13º Festival Internacional de Cinema.

“Pára-me de Repente o Pensamento”, de Jorge Pelicano, vai ser exibido no dia 13 de novembro, pelas 21:30h. Este documentário, com a duração de aproximadamente 100 minutos, é dirigido ao público em geral (maiores de 14 anos) e tem entrada gratuita.

Para o dia 20 de novembro, também a partir das 21:30h, está marcada a exibição de “Mitt Andra Land – O Meu Outro País”, de Solveig Nordlund. Este documentário biográfico é dirigido ao público em geral (maiores de 12 anos) e tem também entrada gratuita.

Dirigido especialmente aos mais jovens, com idades compreendidas entre os 12 e os 15 anos, está prevista para o dia 29 de novembro, das 10:00h às 13:00h e das 14:00h às 17:00h, a Oficina de Documentário – Doc4Kids – “A Máquina de Sonhos”, na Galeria de Exposições do Fórum Cultural.

Para participar nesta oficina, basta efetuar a inscrição, gratuita, na Biblioteca Municipal da Baixa da Banheira ou através do T: 210888902. A lotação é limitada a 12 participantes.

 

Sinopses:

Dia 13 – “Mitt Andra Land – O Meu Outro País”

Documentário biográfico de Solveig Nordlund onde relata 50 anos de vida em Portugal. A evolução de Portugal desde o fascismo, passando pela revolução de abril, até à crise atual. Uma retrospetiva da sua vida em Portugal através dos seus filmes ou filmes em que colaborou. Um olhar pessoal sobre a transformação de um país, que não é o seu mas que a adotou.

“A minha vida em Portugal desde os anos 1960 através de filmes – ficções e documentários – feitos por mim ou pelos meus colegas”. Solveig Nordlund

 

 

 

Dia 20 –“Pára-me de Repente o Pensamento”

Cafézinho, cigarrinho. Utentes vagueiam pelos corredores. Circulam sós. Esperam. Mais uma passa. Terapias que apelam aos sentidos. Rotinas que os puxam para a realidade. É a vida que se repete num hospital psiquiátrico. Do mundo exterior, chega um ator que procura a sua personagem para uma peça de teatro, submergindo no mundo interior dos esquizofrénicos.

 

Dia 29 – Oficina de Documentário “A Máquina dos Sonhos”

Nesta oficina, queremos desenvolver um olhar muito pessoal sobre o mundo que nos rodeia, em especial os objetos, lugares e pessoas que habitam os nossos sonhos. O que acontece quando a máquina dos sonhos começa a funcionar? Para que lugares nos transporta? Como são os objetos enquanto estamos a dormir? Há pessoas que aparecem e desaparecem dos sonhos? Como é a escola dos nossos sonhos? Fazemos parte dos sonhos dos outros?

Recorrendo a uma sequência de exercícios com a câmara de vídeo, vamos explorar a nossa relação com o Outro: a família, os amigos e aqueles que ainda não conhecemos, procurando saber qual o papel que o SONHO tem nas suas vidas. Usaremos a entrevista como estratégia de aproximação ao Outro, captando imagem e som e distribuindo tarefas por pequenos grupos de trabalho. Será que a máquina dos sonhos também funciona quando estamos acordados?

Esta oficina tem como objetivos motivar a participação dos mais jovens na produção de vídeos, possibilitando o conhecimento desta linguagem criativa para expressar ideias e viver diferentes experiências sensoriais, dando a conhecer a importância do cinema como meio para perceber o mundo de outras maneiras.

Partilhe esta notícia