O documentário “Todi – A segunda morte de Luísa Aguiar”, que resgata a memória da cantora lírica setubalense, vai ser exibido no dia 11 de janeiro, às 16h, na Sala José Afonso, na Casa da Cultura, em Setúbal.

De acordo com a autarquia de Setúbal, a exibição da obra cinematográfica, que integra o programa comemorativo dos 262 anos do nascimento de Luísa Todi, é uma evocação da cantora sadina que brilhou nos palcos europeus e morreu em Lisboa longe das luzes da ribalta.

Com realização de Rui Esteves e texto de Maria João Seixas, o filme é centrado no percurso de uma octogenária por Setúbal, Porto e Lisboa, durante 24 horas, no ano de 2008, através do qual é estabelecida uma ponte entre o mundo contemporâneo e a fama que Luísa Todi conquistou por toda a Europa durante a carreira como cantora lírica no século XVIII.

A atriz Laura Soveral dá corpo a Luísa Todi durante o documentário ficcional, com direção musical de João Paulo Santos e realizado para a série da RTP2 “Figuras Relevantes da Cultura Portuguesa”.

A entrada é gratuita.

Partilhe esta notícia