Novas valências de alojamento estão disponíveis, desde este sábado, no EcoParque do Outão, equipamento turístico instalado em pleno Parque Natural da Arrábida, com gestão da Câmara Municipal de Setúbal e agora dotado de renovadas condições de usufruto e atratividade.

Os sons da natureza e a brisa ribeirinha dão um toque singular a uma estada no EcoParque do Outão, atualmente disponível para autocaravanismo, alojamento em bungalows e, em breve, para campismo.

 

O equipamento, de portas abertas ao público desde junho de 2016, resulta de uma aposta da Câmara Municipal de Setúbal na reabilitação do antigo Parque de Campismo do Outão, agora com mais oferta e condições de utilização que proporcionam uma estadia de excelência.

 

O alojamento em bungalows de madeira, a funcionar desde sábado, é uma das novidades do EcoParque do Outão, para já com as cinco primeiras unidades, de tipologia T1, para ocupação de duas a quatro pessoas, equipadas com kitchenette, sala de estar e instalações sanitárias.

 

Instalados defronte do rio Sado, os bungalows são uma das principais apostas deste equipamento turístico e, logo no primeiro dia de funcionamento, tiveram duas ocupações – um casal com crianças da zona de Leiria e um casal franco-brasileiro – a que se juntam reservas já para o final de ano.

 

Além deste tipo de alojamento, a nova fase de intervenções no EcoParque, visitada este sábado pelo Executivo municipal, contemplou ainda a criação de uma nova zona de balneários, com duches quentes e frios, e uma área de lavandaria, o que permite abrir a zona destinada ao campismo, com cerca de cinco dezenas de espaços.

 

“Esta é uma fase extraordinária de regeneração deste parque”, salientou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

 

A autarca acrescentou que a transformação do antigo parque de campismo num EcoParque de referência aposta “num segmento de turismo para o qual havia pouca oferta”. Neste sentido, acrescentou que o EcoParque constitui “mais um investimento qualificador e promotor da cidade de Setúbal”.

 

Ao nível do alojamento em bungalows, a Câmara Municipal de Setúbal tem ainda previsto, numa outra fase de requalificação, a instalação de mais duas unidades de tipologia T2, com áreas mais generosas, aptas a receber mais utilizadores e adaptadas a pessoas com deficiência.

 

“É um equipamento turístico com um nível de qualidade muito grande”, enalteceu Maria das Dores Meira sobre o EcoParque do Outão.

 

No recinto, que na plenitude de funcionamento terá capacidade para um total de seis centenas de utilizadores, são ainda disponibilizados aos utilizadores zona de serviços de bar, salas de convívio e de jogos, espaços multiatividades direcionados para os mais novos e áreas sociais com grelhadores.

 

O autocaravanismo, a primeira valência ativada com a criação do EcoParque do Outão, equipamento com uma área de 33.500 metros quadrados, dispõe atualmente de capacidade para trinta viaturas e uma estação de serviço para despejo e enchimento de depósitos.

 

O parque, que, após a entrada em funcionamento de todos os edifícios de apoio previstos no recinto vai passar também a disponibilizar a valência de caravanismo, está aberto todo o ano, com exceção de fevereiro, para manutenção. O serviço de receção funciona das 09h00 às 19h00.

 

Mais informações sobre o EcoParque do Outão em www.visitsetubal.com.

Partilhe esta notícia