Entre 2004 e 2015 foram já apoiados 23 projetos no distrito de Setúbal

 

Arranca hoje, dia 2, e decorre até dia 15 de maio o período de candidaturas para o programa “EDP Solidaria 2016”, para a área de Inclusão Social, com vista a apoiar projetos que promovem a melhoria da qualidade de vida de pessoas e comunidades em situação vulnerável ou em risco de exclusão social.

 

Só no distrito de Setúbal este programa apoiou já 23 projetos nos últimos 12 anos, tendo em 2015 apoiado, entre outros, a Cáritas Setúbal na criação de apartamento de autonomização para jovens grávidas/mães. No âmbito da saúde, o Instituto de Cardiologia Preventiva de Almada foi apoiado através da aquisição de equipamento para programa de apoio cardiovascular.

 

Em 2016 o “EDP Solidária”, que apoiou já cerca de 300 projetos em todo o país, num investimento global superior a 9 milhões de euros, volta a disponibilizar 2,1 milhões de euros, destinados a apoiar três grandes programas: saúde, inclusão social e educação.

 

Recorde-se que em 2015 o Programa apoiou 25 projetos de inclusão social e atribuiu duas dezenas de bolsas a alunos universitários de mérito, em situação de carência social. No campo da Saúde, foram financiados 12 projetos na Cardiologia e Psiquiatria da Infância e da Adolescência, seis dos quais integrados no Serviço Nacional de Saúde.

 

As candidaturas para a área da Saúde decorrerão entre 27 de junho e 17 de julho.

Partilhe esta notícia