A Polícia de Segurança Pública anunciou esta segunda-feira, que deteve, em Almada, entre as 21h30 de ontem e as 13h45 de hoje, dois homens, um, de 37 anos, por ofensas à integridade física grave e outro, de 38 anos de idade, por homicídio.

Segundo a PSP, o homem, de 37 anos, agrediu, no interior de um estabelecimento comercial, localizado na Rua D. João I, em Almada, “com uma chave de fendas um homem de 59 anos de idade, perfurando-lhe o coração”.

A vítima foi transportada ao Hospital Garcia de Orta em Almada em estado grave, sendo, posteriormente, transferida para o hospital de Santa Maria em Lisboa, devido à gravidade dos ferimentos.

O suspeito colocou-se em fuga, mas foi intercetado pela polícia, “numa artéria próxima, encontrando-se ainda na posse da arma utilizada na agressão, sendo de imediato detido” e será amanhã presente ao DIAP do tribunal de Almada a fim de lhe ser aplicada as consequentes medidas de coação.

Esta segunda-feira, pelas 13h45, na Rua Ramiro Ferrão (União de freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas) – Almada, um indivíduo de 38 anos de idade agrediu violentamente um cidadão de 67 anos de idade, provocando-lhe a morte.

“Os indícios apontam no sentido de que, antes do incidente, o agressor terá agredido uma senhora de 73 anos de idade que se encontrava no imóvel onde ocorreu o homicídio (escritório). Esta senhora e a vítima mortal viviam em união de facto e eram sócios num negócio/empresa, encontrando-se no momento da ocorrência a trabalhar no escritório”, explica a PSP em comunicado.

À chegada dos meios policiais, o agressor ainda se encontrava no local, tendo sido de imediato detido. O suspeito será presente ao DIAP do tribunal de Almada, a fim de lhe ser aplicada a consequente medida de coação.