Ouvir contadores de histórias, lançar papagaios ao vento, caminhar pelo meio de azinhagas, participar em oficinas de percursão, assistir a espetáculos de humor mudo, provar a gastronomia africana, desenhar, pintar, dançar. São mais de 40 as propostas do Entrança – Festival Intercultural, que acontece dias 27 e 28 de maio, no Centro Cívico do Fróis, na Caparica.

 

A Interculturalidade é o tema central deste festival, que se desenrola num bairro com cerca de 13 500 habitantes, de origens culturais diversas. O objetivo é potenciar, valorizar e dar visibilidade à multiculturalidade deste território, construir uma nova imagem para o bairro, afirmando as singulares, capacidades e conhecimento dos seus residentes.

 

O Festival desenvolve-se no Centro Cívico do Fróis, que inclui um amplo espaço verde, as Piscinas Municipais da Caparica, a Biblioteca Municipal Maria Lamas e monumentos de arte pública como o Planisfério da Interculturalidade, construído através de um projeto educativo de coesão social em ambiente escolar, envolvendo mais de dois mil alunos desta área.

 

Este será um espaço de convívio, experimentação e de fruição durante os dois dias do festival, que encerra em cada dia com um concerto, sempre às 23h. Na primeira noite sobem ao palco os ÁTOA, na segunda ouve-se Maria Alice, uma cantora dos sons de Cabo Verde.

 

Programa completo em www.m-almada.pt/entranca.

 

Organização

Câmara Municipal de Almada

Junta da União das Freguesias de Caparica e Trafaria

 

 

Entidades Parceiras

Agrupamento de Escolas Miradouro de Alfazina

Ar.Co – Centro de Arte & Comunicação Visual

Associação Cultural O Mundo do Espetáculo

Associação de Moradores CHUT2

Centro de Arqueologia de Almada

Clube Recreativo União Raposense

Companhia de Teatro ABC.Pi

Comunidade residente

Lifeshaker Associação

Revolution Art

Santa Casa da Misericórdia de Almada:

Centro Comunitário PIA II

Teatro Extremo

 

Programa completo em:

www.m-almada.pt/entranca

 

Partilhe esta notícia