A PALAVRA

 

A palavra

pode ser tudo

e não ser nada

conter vida

ou também morte

pode ser escrita

ou então falada

é desdita ou, é sorte

ah, a palavra

afinal, é pensar

é sofrer ou é amar

é honra ou humilhação

é guerra e é paz

tirania e prisão

sonâmbula ou fugaz

ah, a palavra

é pobreza, ostentação

despotismo e compaixão

poder ou submissão

alegria, sofrimento

castigo, mas perdão

ódio ou sentimento

esperança, desilusão

ah, a palavra

é dor, é mentirosa

soberana, poderosa

é problema, é solução

cobarde, aventureira

engenhosa e matreira

mas é também amor

pensemos

pensemos na palavra

na que é imortalizada

na verdade, se sufragada

ou se tem tudo

ou se não tem nada

ah! se eu soubesse

como te domar…

palavra…

 

Emanuel Gois, do livro “Momentos”, edição de 2016

 

Partilhe esta notícia