É a primeira vez em Almada que especialistas nacionais internacionais se reúnem para debaterem diversos temas relacionados com a prestação de Cuidados Continuados. O assunto assume cada vez mais importância dado que a evolução social e o envelhecimento da população obrigam à procura de respostas adequadas ao nível dos cuidados de saúde.

As primeiras jornadas internacionais de cuidados continuados de Almada, realizam-se a 23 de junho, no Fórum Romeu Correia, e são organizadas pela Liga de Amigos do Hospital Garcia da Orta (LAHGO) e pela F3M.

Cuidados Continuados referem-se à prestação de cuidados de convalescença, recuperação e reintegração de doentes crónicos e/ou pessoas que se encontram em situação de dependência de terceiros. Estes cuidados de saúde e de apoio social são, atualmente, assegurados pela Rede Nacional de Cuidados Continuados (RNCCI), através das unidades de internamento e de ambulatório e de equipas hospitalares e domiciliárias.

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados vai receber cerca de 121 milhões de euros no biénio 2015/2017, através de contratos-programa estabelecidos com unidades de cuidados de média e longa duração e cuidados paliativos espalhados por todo o País. Em relação à taxa de ocupação, a nível nacional, as unidades de internamento possuem uma taxa de ocupação elevada, destacando-se a tipologia de longa duração e manutenção (97%).

Dados que demonstram a importância da temática que irá reunir especialistas nacionais e internacionais, com o objetivo de fomentar a partilha de experiências e conhecimentos, procurando também novas respostas de saúde e de apoio social sustentáveis para as diversas problemáticas.

Anton Cervera, especialista em Geriatria e Cuidados Continuados, médico, chefe de serviço Emérito de Geriatria do Parc de Salud Mar, de Barcelona, será um dos oradores presentes na sessão, com uma conferência sobre Ações Paliativos em Cuidados Continuados. Numa mesa redonda, em que se pretende fomentar a discussão sobre alguns dos problemas críticos em Cuidados Continuados Integrados, juntam-se outros profissionais, como Júlio Veríssimo, especialista em feridas crónicas, Rita Nortadas, especialista em Medicina Interna, Tânia Almeida, enfermeira e Sandra Costa, enfermeira com grande experiência nos cuidados a doentes com demências.

Considerados, os Cuidados Continuados, uma área prioritária na saúde pela grande necessidade de se encontrarem repostas adequadas, estas Jornadas contarão, também, com a presença de Pedro Fraga, CEO da F3M, no painel que relaciona a “organização dos Cuidados Continuados” com a “interação dos sistemas informáticos na organização interna de uma UCCI”.

 

PROGRAMA

09h00 Boas Vindas

09h30 Painel / Mesa redonda

Alguns dos problemas críticos em Cuidados Continuados Integrados:

Moderadores: António Rocha / Ana Bernardo

Ferida crónica – Júlio Verissimo

Agudizações – Rita Nortadas

Quedas – Tânia Almeida

Demências – Sandra Costa

11h00 Coffee break

11h30 Conferência: Cuidados Paliativos em Cuidados Continuados/ULDM – Anton Cervera (Hospital del

Mar Barcelona)

Moderador: Inês Guerreiro

12h15 Cerimónia oficial

13h00 Almoço

14h30 Painel / Mesa redonda

Organização dos cuidados continuados

“Interação dos sistemas informáticos na organização interna de uma UCCI” – Pedro Fraga (F3M)

Moderador: Humberto Ramalhinho

“Articulação funcional das equipas em Cuidados Continuados” – Francisca Delarue, médica da EGA

(HGO); Cristina Caetano da ECR (Segurança Social); Cidália Martins, enfermeira da ECL Almada/Seixal;

Manuel Caldas de Almeida, médico no Hospital do Mar; Rosário Malveiro, enfermeira na ECPIH.

Moderadores: Clara Birrento/Regina Carlos

Articulação funcional das equipas em Cuidados Continuados – EGA(HGO); ECPIH;ECR; ECL;CCI

Moderadores: Regina Carlos / Clara Birrento

16h00 Apresentação de posters

Moderadores: Lara Neves / Sónia Dias

16h30 Conferência: Ética na Doença Crónica – Sérgio Deodato

Moderador: Paula Breia

17h30 Encerramento

Partilhe esta notícia