Os deputados do PSD do distrito de Setúbal prestaram hoje contas do seu trabalho parlamentar da Legislatura, com um “sentimento de dever cumprido”.

O deputado e presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Bruno Vitorio, sublinha que estiveram “sempre próximo das pessoas e das instituições do Distrito, a acompanhar e a ajudar a resolver problemas”

Apesar de todos os sacrifícios que foram necessários para ultrapassar a crise, os social-democratas “sempre procuraram encontrar junto do Governo e de outras entidades soluções que permitissem fazer face aos problemas mais prementes dos vários concelhos”, salienta o deputado.

Bruno Vitorino lembra novamente que é preciso “desmontar a ideia que a esquerda tentou sempre passar, de que o Governo não gosta do distrito de Setúbal, que o Governo não investe no distrito de Setúbal”. “E não é verdade, nós temos de saber desmistificar esta questão. Apesar das dificuldades, apesar de ainda haver muito fazer, também muito foi feito naquilo que nós chamamos às vezes a micropolítica, em questões concretas que dizem respeito ao dia-a-dia das pessoas”, afiança.

Destaca ainda que foram construídas novas Esquadras e Quartéis, novos Centros de Saúde, e recuperados inúmeros equipamentos nas áreas do desporto, da saúde e da educação. “Foram canalizados milhões de euros para as IPSS para que pudessem ajudar os mais desfavorecidos e aumentar brutalmente a resposta social em diversas valências”, refere.

“Iniciámos a revisão do POPNA, os investimentos feitos na Costa da Caparica para defesa da orla costeira, o apoio às PME´s, a aposta na atividade portuária, bem como a mudança de paradigma no Arco Ribeirinho Sul, na revitalização dos seus parques industriais”, acrescenta.

Paulo Ribeiro, coordenador dos deputados social-democratas, considera que tudo fizeram “para ajudar a região a ultrapassar a maior crise económica da história do Portugal democrático”.

“Durante esta legislatura, reunimos com diversas entidades, instituições e cidadãos, na procura conjunta de soluções que permitissem trazer uma melhor qualidade de vida, para além das presenças e intervenções nas respetivas comissões e nos plenários da Assembleia da República. Essa é a nossa missão, esse é o nosso dever enquanto eleitos por uma região que tem todas as condições para ser um motor de desenvolvimento de Portugal”, conclui.

 

Números da XII Legislatura (Deputados do PSD do Distrito de Setúbal):

– Tomadas de Posição Públicas: 213

– Reuniões/Visitas: 106 visitas

– Perguntas a membros do Governo / Requerimentos: 54

– Intervenções em Plenário: 129

– Iniciativas Legislativas: 112

Partilhe esta notícia