Nota de Imprensa

Federação de Setúbal do PS rejeitou moção de realização de Congresso Extraordinário e de Directas

A Comissão Política Distrital da Federação de Setúbal do Partido Socialista, em reunião realizada no passado dia 12 de junho, no Seixal, rejeitou a proposta de realização de um congresso extraordinário e de eleições diretas para a liderança do partido.

Em análise aos resultados das eleições para o Parlamento Europeu, os socialistas consideram a vitória do PS positiva, no plano nacional e distrital, não obstante a não eleição da candidata Maria Amélia Antunes. O Secretário-geral do PS, António José Seguro, foi felicitado pela lista de candidatos do PS ao Parlamento Europeu, considerada como uma das “melhores de sempre”, e pelos resultados obtidos a nível nacional. Das muitas intervenções realizadas, não houve registo de manifestações contrárias.

Da análise da situação política interna do PS e na discussão de uma moção que defendia a realização de um congresso extraordinário, prevaleceram os argumentos que o PS tem vindo a acumular capital político com as duas vitórias eleitorais seguidas – uma vitória histórica, a maior de sempre do PS em eleições autárquicas- considerando-se intempestiva, inoportuna, sem fundamentos políticos de substância programática diferenciadora, a defesa de realização de um congresso extraordinário e de eleições diretas para a liderança do partido. Por outro lado, foi assinalado que a proposta do Secretário-geral do PS, António José Seguro, de realização de eleições primárias é uma solução corajosa, inovadora e mobilizadora de todos os cidadãos e militantes em geral que querem participar na escolha do candidato do PS a primeiro-ministro.

O Secretariado da Federação do PS de Setúbal sublinha que o debate realizou-se com moderação e elevação, no respeito pela pluralidade e diferença de opiniões, características do PS, confiando que o contributo dos militantes e simpatizantes, no processo de eleições primárias para a escolha do candidato a primeiro-ministro, reforçará as propostas do Partido Socialista.

Setúbal, 13 de junho de 2014

O SECRETARIADO DA FEDERAÇÃO PS

Partilhe esta notícia