Cadeia de churrasqueiras setubalense continua a destacar-se, vencendo o prémio de PME de Excelência pelo terceiro ano consecutivo, o quarto na sua história.

Pela quarta vez na sua história, terceira consecutiva (2014, 2016, 2017 e 2018) o Frango Vaidoso, a cadeia de churrasqueiras de Setúbal, venceu o prémio PME (Pequenas e Médias Empresas) de Excelência.

Atribuído pelo IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação) e pelo Turismo de Portugal, o prémio funciona como um selo de qualidade, assinalando empresas que ao longo do ano se distinguiram pela sua solidez e idoneidade. 

Em 2016, foi comprada por Hélio Gaspar, também dono d’O Bacorinho, empresa setubalense de leitão à moda da Bairrada, e tem sofrido várias restruturações, não só a nível operacional, mas também de imagem, ganhando o prémio todos os anos desde então. Além do frango assado, quem entra numa churrasqueira Frango Vaidoso pode esperar vários outros pratos quentes, acompanhamentos, salgados, pizzas, sobremesas e o, dependendo da disponibilidade, o leitão d’O Bacorinho. 

Segundo Hélio Gaspar, CEO do Frango Vaidoso e Bacorinho, este prémio é “para a equipa, pois são eles que vestem a camisola todos os dias e fazem do Frango Vaidoso uma marca excelência, desde o escritório à loja. Este prémio é deles, porque é graças ao seu empenho e compromisso que atingimos os nossos objectivos com excelência.”

Com duas churrasqueiras em Setúbal, no Bonfim e na Camarinha, a marca planeia continuar a sua expansão em 2019, com a abertura de uma nova loja prevista para o primeiro semestre deste ano.