Frederico Rosa, coordenador da Plataforma 2830, visitou hoje a incubadora de base tecnológica Startup Sintra, sendo recebido por João Cabral, diretor-geral da unidade. Aqui pode ver em primeira mão como um projeto virado para o talento, alicerçado em conhecimento e tendo as pessoas como centro da sua atividade pode alavancar a criação de projetos tecnológicos, capazes de gerar emprego qualificado e de vocação internacional e exportadora.

Suportado num programa de formação exigente que promove a validação de produtos e serviços em contexto real e em contacto estreito com futuros clientes, a Startup Sintra é, segundo a Plataforma 2830, “um excelente exemplo de como identificando a criação de emprego jovem, competitivo e qualificado como uma das prioridades municipais, se podem dar passos concretos em busca desta concretização, dando oportunidade a quem quer desenvolver o seu talento na criação de uma atividade própria”.

Frederico Rosa destacou nesta visita que “é possível o Barreiro ter uma verdadeira incubadora de talento e de projetos competitivos, não numa vertente imobiliária vocacionada para o arrendamento de espaços comerciais, mas sim numa perspetiva de processo de aprendizagem onde se cria um ecossistema de talento e criatividade, contribuindo também desta forma para fixar os jovens no concelho”.

“Mas temos de não só sinalizar estas necessidades – de criação de emprego qualificado e de travar o envelhecimento populacional ajudado os mais jovens a poderem construir aqui as suas oportunidades – como em seguida passar à ação para dar passos concretos em busca desta visão”, concluiu o responsável do movimento.

Partilhe esta notícia