A Junta de Freguesia do Torrão, no concelho de Alcácer do Sal, com o objetivo de combater a baixa taxa de natalidade da freguesia, apoiou os pais Vera Correia e João Loura com uma verba de 250 euros pelo nascimento da sua filha.

A medida de estímulo aos nascimentos foi colocada em vigor pelo antigo executivo, mas o novo executivo decidiu mantê-la. De acordo com o presidente da Junta de Freguesia do Torrão, Virgílio Silva, desde janeiro já foram atribuídos cinco subsídios.

Para terem acesso ao subsídio, como explicou o presidente da JF, “os pais devem fazer o pedido à Junta de Freguesia e o valor é entregue em dinheiro quando a criança nasce”.

Com esta iniciativa, a JF pretende, uma vez que não se trata de “um valor muito expressivo”, “ajudar os pais no primeiro momento” e demonstrar-lhes que estão “atentos, gratos e agradecidos por numa época de dificuldade terem tido a coragem de criar uma família”.

A JF do Torrão auxilia ainda financeiramente as escolas da freguesia, segundo o presidente, a Junta, em relação ao primeiro ciclo, por cada aluno dá uma verba às instituições letivas que deve ser utilizada na aquisição de “manuais escolares, materiais didáticos, instrumentos musicais e na manutenção do espaço”.

“Com as medidas de incentivo à natalidade e de apoio às escolas e, consequentemente, aos alunos, pretendemos promover a fixação de jovens na freguesia, contudo o grande problema continua a ser a escassez de ofertas de emprego na região”, acrescentou Virgílio Silva.