Foi assinado em Tróia, na passada sexta-feira, 16 de Maio, um protocolo entre a Fundação Buehler-Brockhaus e o TROIA RESORT com o objectivo de promover trabalhos e atividades nas Ruínas Romanas de Tróia que contribuam para a investigação, conservação e valorização deste importante sítio arqueológico.

As Ruínas Romanas de Tróia são Monumento Nacional desde 1910 e nos últimos anos têm sido alvo de um projecto de valorização promovido pelo TROIA RESORT que permitiu a abertura de vários núcleos arqueológicos ao público em 2011.

A Fundação Buehler-Brockhaus, sediada em Setúbal, tem por objecto social contribuir para a preservação e valorização do património histórico e cultural português e tem apoiado inúmeras iniciativas culturais na cidade de Setúbal.

No âmbito deste protocolo, em 2015 a Fundação vai apoiar os trabalhos num núcleo ainda em fase de valorização, a Basílica Paleocristã, com um significativo e singular conjunto de pintura mural romano-tardia, que vai ser alvo de mais uma campanha de conservação e restauro.

Partilhe esta notícia