O Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém, esteve repleto de empresários, no dia 10 de março, para o seminário “Alentejo 2020 − Instrumentos de Apoio às Empresas”, promovido pela Associação de Apoio ao Empresário do Alentejo Litoral (AAEL), que contou com a presença do Presidente da CMSC, Álvaro Beijinha, que foi um dos oradores convidados.

O novo quadro comunitário Portugal 2020 “vai finalmente disponibilizar o apoio que o país e os empresários tanto precisam”, destaca Álvaro Beijinha, que considera esta fase “absolutamente decisiva”. O Presidente da CMSC frisou a importância dos empresários “estarem preparados para os novos desafios que esta oportunidade oferece. No nosso Município, estamos a trabalhar nestas áreas há bastante tempo, a própria CMSC está a preparar-se para poder aproveitar esta oportunidade naquilo que são as suas áreas de competência”.

Também naquilo que é o apoio ao empresário, “compete à Câmara Municipal estar presente e apoiar dentro daquilo que são as suas responsabilidades e competências”, sublinhando que o “mais importante é podermos ter uma só voz para aquilo que é o grande objetivo de desenvolvimento desta região e do Município – criar riqueza e combater esse grande flagelo que é o desemprego”, que segundo Álvaro Beijinha “só se pode combater se as nossas empresas e empresários conseguirem ter sucesso, criar emprego e utilizar a mão de obra disponível. Desse ponto de vista, julgo que este quadro comunitário é uma oportunidade”.

O Presidente da CMSC deixou “a garantia de que a Câmara tudo fará para que o Município e a nossa região sejam cada vez mais um território de oportunidades e de progresso”, não escondendo o desejo de que “daqui a sete anos, quando estivermos na fase final do programa, possamos efetivamente ter menos desemprego, mais riqueza e termos mais desenvolvimento, que é aquilo que todos nós procuramos”.

Foram também oradores na sessão o Vogal Executivo da Comissão Diretiva do INALENTEJO, António Costa de Silva, e Rui Nuno Ernesto, Diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional do Alentejo Litoral, que apresentaram detalhadamente os instrumentos de apoio às empresas no âmbito do novo quadro comunitário. A sessão foi moderada por Sandra Coelho, em representação da entidade organizadora.

Partilhe esta notícia