O Partido Social Democrata garante, em comunicado, que foram investidos pelo Governo no início do ano no Centro Hospitalar de Setúbal perto de 70 milhões de euros, de forma a “manter o equilíbrio financeiro e garantir a qualidade do serviço de saúde prestado aos utentes”.

Na sequência de uma reunião com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Setúbal, realizada esta semana, os deputados do PSD do distrito, juntamente com o presidente da concelhia local, Nuno Carvalho, foram informados do “aumento de capital de 69,1 milhões de euros realizado pelo Governo”.

O deputado social-democrata, Paulo Ribeiro, considera que esta medida “vem contrariar aqueles que constantemente criticam o Governo por falta de investimento da saúde”.

“Este é um esforço que foi feito para garantir que a população tenha acesso a cuidados de saúde de qualidade, humanizados e diferenciados, para além de assegurar o necessário equilíbrio financeiro desta unidade”, acrescenta.

Foi ainda destacado os investimentos feitos nos últimos anos, nomeadamente as novas instalações do Serviço de Urgência Ginecologia e Obstetrícia, a remodelação da sala de Hemodinâmica e Cardiologia de Intervenção, a remodelação da Unidade de Cuidados Intensivos que vai reabrir dentro de poucas semanas e a remodelação das instalações do Serviço de Urgência Geral, que já se encontra em fase de projeto.

Paulo Ribeiro manifestou ainda a sua preocupação pela falta de médicos especialistas, sendo este um problema a nível nacional.

O social-democrata defendeu uma vez mais a criação de um grande centro hospitalar Setúbal-Litoral Alentejano, sublinhando que esta unidade de saúde para além dos serviços que presta às populações de Setúbal, Palmela e Sesimbra, presta também apoio aos residentes do Litoral Alentejano.

Partilhe esta notícia