Elisabete de Oliveira Marques, investigadora do grupo de investigação BIOSCOPE, Departamento de Química FCT NOVA, acaba de ser contemplada com a Medalha de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência 2015.

Este prémio, recorde-se, visa reconhecer e incentivar o trabalho das mais promissoras jovens cientistas que desenvolvam a sua pesquisa em instituições portuguesas, com projetos originais no âmbito das ciências da saúde e do ambiente.

Elisabete de Oliveira Marques viu assim premiado o seu trabalho com o Projecto ‘’Nova Geração de Quantum Dots Luminescentes Biodegradáveis para Descoberta de Biomarcadores e Libertação de Fármacos em Amostras Biológicas’’.

Uma investigação centrada na área da saúde, que tem como objetivo o desenvolvimento de nanopartículas luminescentes biodegradáveis, para descoberta de novos biomarcadores, e para servirem de veículo na libertação controlada de fármacos (Doxorrubicina e a Camptotecina) em células cancerígenas, e assim contribuir para o combate à resistência a quimioterapia convencional.

Um projeto inovador na medida em que promove a criação de uma nova geração de nano partículas luminescentes, biocompatíveis, não tóxicas e biodegradáveis e respetiva utilização na descoberta de novos bio marcadores em células cancerígenas e na criação de dispositivos de distribuição de fármaco padrão, eficientes para o seu tratamento. E assim poderá contribuir para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, uma vez que abrange a criação de um dispositivo de tratamento não invasivo (via oral).