Projeto SPLIT aberto à comunidade em período de pandemia

Instituto Politécnico de Setúbal, através da sua Escola Superior de Saúde (ESS/IPS), vai disponibilizar sessões de fisioterapia online personalizadas, para apoio no tratamento de pessoas com lombalgia neste período de maior recolhimento em virtude da pandemia de COVID-19.

A programa online, de livre acesso à comunidade, surge no âmbito do projeto SPLIT, que propõe um sistema inovador para tratamento diferenciado das pessoas com lombalgia, consoante o risco de desenvolver dor crónica, já testado e validado por uma equipa de investigadores da ESS/IPS em sete unidades de saúde da região de Setúbal.

O objetivo da iniciativa é contribuir, de uma forma segura, cómoda e gratuita, para uma melhoria da qualidade de vida destes pacientes, ajudando-os no controlo da dor e no aumento da capacidade para realizar as tarefas diárias.

As sessões de fisioterapia, personalizadas e adaptadas às necessidades específicas de cada indivíduo, serão implementadas por estudantes finalistas da licenciatura em Fisioterapia, com a orientação da equipa docente deste departamento da ESS/IPS. Para usufruir deste projeto, os interessados com queixas de dor na região lombar apenas necessitam de ter acesso a um computador ou a outro dispositivo com internet, câmara e microfone.

As incrições estão abertas até à próxima sexta-feira, dia 19 de junho, através do endereço eletrónico split.project@ess.ips.pt. As sessões serão realizadas através das plataformas Skype e Zoom. 

Para mais informações sobre o projeto, ver aqui.