Numa cidade que não está claramente identificada, assim como num período igualmente indefinido, num belo dia, de repente, sem que haja o menor aviso uma epidemia explode.

Ninguém sabe o que é nem de onde vem, mas o facto é que as pessoas morrem como bonecos, ao acaso.

A morte, o mal, o grande mal.

Neste espectáculo, a morte tem pouca importância. O que importa é o que acontece com os seres humanos numa sociedade que está sob ameaça. Com que facilidade as liberdades humanas são comprometidas e manipuladas pelo medo.

O que interessa é o absurdo da capacidade humana, de engano e loucura e a possibilidade sempre contingente da verdadeira comunicação. A construção social que nos cerca. Somos colocados dentro de um sistema, de uma ordem social que nos molda.

Como nos comportamos quando tudo isso desaparece?

A maioria das personagens são imbecis e o público sempre se riu dos imbecis. Continua a rir-se, mas vai-os descobrindo cada vez mais inquietantes, ameaçadores ou invasores. Os imbecis tornaram-se mortíferos, proliferantes, insidiosos.

Como é que os nossos semelhantes se comportam mediante um fenómeno que excede a imaginação? O resultado pode ser uma grande visão da comédia humana.

Todos são reconhecíveis.    

Reservas

arteviva.reservas@gmail.com

910 093 886

Bilheteira

sexta e sábado, das 20h30 às 21h30

Bilhetes

Preço normal: 5€

Desconto grupos >10: 3€

Ficha Artística e Técnica

JOGO DE MASSACRE

Interpretação Alexandre Antunes, Ana Sofia Samora, Catarina Santana, Celeste Mestre, Luís Pacheco, Patrocínia Cristóvão, Ricardo Guerreiro, Rita Reis, Sara Santinho, Vanda Robalo e Vítor Nuno

Autor Eugène Ionesco | Tradução Lurdes Faneca | Encenação Carina Silva | Cenografia João Pimenta | Figurinos Ana Pimpista | Música Fast Eddie Nelson | Construção e Montagem de Cenário António Santinho |  Apoio Figurinos Oficina Costura Criativa | Luminotecnia João Oliveira Jr. | Operação Técnica Maria Inês Santos | Contra-Regra Adriana Lopes | Design Gráfico João Pimenta | Produção Executiva Catarina Santana | Fotografia Cláudio Ferreira | Apoio Geral João Henrique Oliveira. Agradecimento especial a Maria Genoveva Pimpista. 

Classificação M/14 anos.

Partilhe esta notícia