A JS promoveu, na passada quinta-feira, o primeiro JS Action Day, um novo modelo de atividade nacional que consiste na simultânea realização de atividades temáticas a nível local.

A primeira edição, dedicada ao tema do ensino, contou com mais de 100 atividades organizadas pelas estruturas locais da JS. No distrito de Setúbal, a Federação de Setúbal da Juventude Socialista organizou oito ações de contato em escolas secundárias.

“Os estudantes do ensino secundário são aqueles que ainda não perderam ligação com os seus concelhos de origem. Depois do 12.º ano, muitos vão estudar para fora do distrito e, quando chega a altura de entrar no mercado de trabalho, não têm outra alternativa senão deixar de viver cá”, explica Ivan Gonçalves, presidente dos Jovens Socialistas do Distrito de Setúbal, acrescentando que a iniciativa “reflete uma clara aposta da estrutura no contato de proximidade com os jovens do distrito”.

O responsável da JS não tem dúvidas de que “numa altura em que o descrédito em relação às organizações políticas domina o discurso público, tornando cada vez mais difícil a transmissão da sua mensagem, os agentes políticos devem desenvolver um contacto mais direto com os cidadãos”, reiterando que a JS estará “ao lado dos jovens, na defesa da sua emancipação, através da dignificação do trabalho, e da igualdade de oportunidades para todos na saúde, na educação e na proteção social dos mais desfavorecidos”.

Partilhe esta notícia