A Federação de Setúbal da Juventude Socialista promoveu no passado domingo, dia 1 de julho, em Alvalade-Sado, Santiago do Cacém, uma sessão sobre «Participação Cívica» que contou com a presença do Professor e Deputado à Assembleia da República, Alexandre Quintanilha.

Várias dezenas de militantes e dirigentes da Juventude Socialista e do Partido Socialista estiveram presentes no passado domingo, dia 1 de julho, em Alvalade-Sado no concelho de Santiago do Cacém, numa sessão sobre «Participação Cívica» que teve como orador o Físico e Professor Alexandre Quintanilha, atualmente Deputado à Assembleia da República pelo PS e coordenador da Comissão de Educação e Ciência do Parlamento.

Realizada na Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado, esta iniciativa proporcionou a todos os jovens presentes uma oportunidade de reflexão sobre a cidadania, o funcionamento da sociedade, mas também sobre a importância da participação e do envolvimento cívico.

Esta sessão, organizada pela Federação de Setúbal da Juventude Socialista, foi composta por dois momentos. Na primeira parte foi possível trocar ideias e pontos de vista com o Deputado Alexandre Quintanilha que, através da sua experiência e de várias histórias da sua vida, demonstrou a importância da participação cívica e do envolvimento dos cidadãos na vida da sua comunidade. Na segunda parte, teve lugar uma sessão em mesa redonda em que os participantes puderam refletir sobre os conteúdos abordados anteriormente e dar o seu contributo para a criação de propostas e modelos de participação que poderão melhorar a atuação cívica, tornar mais transparente o exercício dos poderes públicos e credibilizar a política.

Filipe Pacheco, Presidente da Federação Distrital de Setúbal da Juventude Socialista, afirmou que «a realização desta atividade advém de uma prioridade para a Juventude Socialista que é a de contribuir para a promoção de uma sociedade mais inclusiva e que estimule a cidadania e a participação cívica. Queremos obter respostas, mas mais do que isso pretendemos gerar debate, convidar à reflexão e estimular o interesse pelo exercício de uma cidadania ativa e plena».

Partilhe esta notícia