Árias, duetos e tercetos dos compositores Vincenzo Bellini, Giuseppe Verdi e Gaetano Donizetti são interpretados na “Gala de Ópera – Bel Canto Italiano”, espetáculo a realizar no dia 20, à noite, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal.

Trechos de óperas tão populares como La Sonnambula, La Traviata, Elisir d’Amore, Rigoletto e A Filha do Regimento são recriados por três jovens cantores portugueses ligados a Setúbal pelos prémios e distinções obtidos no Concurso Nacional de Canto Luísa Todi e no projeto Luísa Todi – Jovens Clássicos.

Bárbara Barradas, soprano, Carlos Cardoso, tenor, e André Marques, baixo, são as vozes da “Gala de Ópera – Bel Canto Italiano”, espetáculo agendado para dia 20, às 21h30, com direção de João Paulo Santos, maestro e pianista do Teatro Nacional de São Carlos.

O concerto, totalmente preenchido com grandes árias, duetos e tercetos de três dos mais destacados compositores italianos representantes da linha bel cantista do século XIX, custa 10 euros. Os bilhetes estão à venda no Fórum Municipal Luísa Todi e em www.bilheteiraonline.pt.

Bellini, Verdi e Donizetti são responsáveis por uma parte importante do reportório lírico mais popular de todos os tempos, com a particularidade de abrangerem praticamente todo o século XIX, embora um tenha nascido ainda no século XVIII (Vincenzo Bellini) e outro falecido já no primeiro ano do século XX (Giuseppe Verdi).

Partilhe esta notícia