A 24.ª Feira Nacional do Porco, a decorrer de 17 a 19 de maio no Parque de Exposições do Montijo, vai contar com mais de 220 stands, em representação de mais de uma centena de entidades. A informação foi adiantada por Vitor Menino, presidente da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS), na sessão de apresentação pública desta edição da Feira Nacional do Porco, que teve lugar no dia 8 de maio, no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, no Montijo.

O presidente da FPAS revelou, igualmente, a expetativa de aumento do número de visitantes face aos 20 mil registados na edição de 2016: “em cada ano este certamente revela-se melhor do que na edição anterior, à semelhança aliás da suinicultura nacional que continuamente se reinventa e se adapta às exigências dos novos tempos”.

A edição de 2018 da Feira Nacional do Porco tem como tema o Porco.pt, “projeto bandeira da suinicultura nacional, que representa já 40 por cento da produção nacional e que existe para promover uma carne de porco diferenciada, de qualidade, certificada e mais saborosa”, afirmou Vitor Menino. 

“Uma vez mais somos acolhidos no Montijo, nosso parceiro há vários anos, que sempre se tem empenhado na defesa de um sector que beneficia esta terra, contribuindo para o seu desenvolvimento económico e para a afirmação do mundo rural enquanto ativo económico importante para o nosso país”, acrescentou o presidente da FPAS.

Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, reforçou o papel de parceria e estreita proximidade do Município do Montijo com a organização da Feira Nacional do Porco, divulgando que “a câmara realizou um investimento na ordem dos 70 mil euros, na melhoria do espaço do Parque de Exposições do Montijo”. 

“Estamos extremamente orgulhosos de acolher mais uma edição da Feira Nacional do Porco. Mais que uma feira, este é um certame que representa um investimento claro na inovação, no conhecimento, na competitividade e na afirmação da fileira suinícola no Montijo e da cidade do Montijo enquanto capital do porco”, afirmou o autarca.

Durante a sessão de apresentação, o presidente da câmara teve, ainda, oportunidade de referenciar as iniciativas municipais, de incentivo à instalação de explorações agropecuárias, estufas e outras atividades relacionadas com a agricultura e a agroindústria, que têm permitido captar mais investimento para o concelho do Montijo. 

Nuno Canta e Vitor Menino abordaram, igualmente, os avanços tecnológicos que o sector da suinicultura tem sofrido ao longo dos anos e que lhe permitiram estabelecer-se como uma atividade altamente tecnológica, no cumprimento de elevados padrões higinosanitários e no respeito pelo meio ambiente e pelo bem-estar animal.

A 24.ª Feira Nacional do Porco tem abertura oficial agendada para o dia 17 de maio, às 12h00, com a presença do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos. 

 Num certame com um relevante cunho profissional, o lazer também está garantido durante os três dias da 24.ª Feira Nacional do Porco nas tasquinhas e no pavilhão de restaurantes, com animação musical quase em permanência.

Partilhe esta notícia