A Câmara Municipal do Montijo voltou a apoiar o movimento associativo do concelho com uma verba superior a 70 mil e 640 euros para que as associações culturais e desportivas do concelho possam desenvolver as suas atividades durante a época 2019/2020. 

O montante mais elevado, 20 mil euros, foi atribuído ao Clube Olímpico do Montijo para o desenvolvimento da prática desportiva na modalidade de futebol nos escalões de formação até aos juvenis. 

Por meio de contratos-programa de desenvolvimento desportivo, foram, ainda, aprovadas verbas para o Clube de Ténis do Montijo (1250 euros), Estrela Futebol Clube Afonsoeirense (9640 euros) e Montijo Basket Associação (3500 euros), que se destinam a apoiar a prática desportiva destes clubes e, em alguns casos, despesas com eletricidade e instalações. 

Através de protocolos de colaboração, a Companhia Mascarenhas Martins irá receber 14 500 euros para o desenvolvimento da sua atividade no âmbito do teatro. Também na área da cultura, foi aprovado protocolo com a Associação Espaço Cénico Teatral, que atribui uma verba de 5000 euros destinada à produção do espetáculo “A Cantadeira”, que sobe ao palco do Cinema-Teatro Joaquim d’ Almeida, de 27 a 29 de setembro. 

Ao Centro de Reformados, Pensionistas e Idosos do Montijo foi concedido um apoio de 16 mil e 750 euros para comparticipação no projeto de arquitetura e especialidades para a futura estrutura residencial para idosos que a instituição pretende construir. 

De referir, que estes contratos-programa e protocolos de colaboração incluem, também, apoios não financeiros que passam pela isenção de taxas e tarifas de equipamentos municipais, a utilização de transportes municipais, a aquisição de troféus e apoio à divulgação. 

Todas as propostas foram aprovadas por unanimidade, com exceção da proposta de protocolo com a Associação Espaço Cénico Teatral que teve os votos a favor do PS, a abstenção da CDU e o voto contra do PSD.