Alla Kouadio Rémi, Ministro do Ambiente da Costa do Marfim, liderou a comitiva daquele país africano que visitou a unidade de tratamento e reciclagem de resíduos petrolíferos de navios da ECOSLOPS, localizada no Porto de Sines.

José Pedro Soares, Administrador da APS,SA, acompanhou a visita, que teve como principal objetivo acompanhar o processo de tratamento dos resíduos líquidos com hidrocarbonetos dos navios, vulgarmente denominados por “slops”, que através de uma tecnologia inovadora cuja patente desenvolvida pela ECOSLOPS (P2R), permite valorizar estes óleos recuperados, obtendo combustíveis marítimos certificados a partir deste tratamento, nomeadamente IFO 380 e Marine Diesel.

Entre a comitiva estavam ainda membros do Porto de Abidjan, bem como representantes governamentais da área do ambiente e combate à poluição, que vieram recolher informação sobre este processo inovador, que promove o incremento dos índices de sustentabilidade ambiental.

A ECOSLOPS é uma empresa francesa especializada no tratamento e reciclagem de resíduos petrolíferos de navios, que desenvolveu uma unidade fortemente automatizada dentro da área do Terminal de Granéis Líquidos do Porto de Sines, que junta ao processo tradicional de decantação, para separação da água dos óleos, o tratamento da água com recurso a tratamento biológico.

A unidade tem capacidade para a recolha e tratamento de 87.000 toneladas de slops por ano, com a recuperação de 33.000 toneladas de hidrocarbonetos, num projeto em fase de conclusão, cujo investimento ascendeu a cerca de 14 milhões de euros.

Partilhe esta notícia