A cultura africana continua a mostrar-se no concelho da Moita, através da iniciativa “África Mostra-se”, até ao dia 5 de julho.

Depois da Oficina de Dança com Balya (Buraka Som Sistema) e de “Kwamagugu Yami” – Histórias Africanas Contadas por Cindy Baptista e Musicadas por Bilan, as próximas atividades serão dedicadas ao cinema e à arte urbana.

A projeção dos filmes ao ar livre, “Terra Terra”, de Paola Zerman, “I Love Kuduro”, de Mário Patrocínio, a atuação do Grupo de Batucadeiras Estrelas de Santiago e Arte Urbana – Intervenção em parede de edifício municipal, com a participação de Pedro Pinhal e de Ismael Sequeira e Estanislau Neto do Coletivo Cafuka, completam o programa de “África Mostra-se”, um projeto que resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e da Cooperativa Zebra, que tem como objetivo principal renovar as relações intercontinentais, tendo por base a criatividade, a inovação e o ponto de vista de quem vive, conhece e se interessa pelo continente africano.

 

3 de julho

21:30h – Atuação do Grupo de Batucadeiras Estrelas de Santiago

22:00h – Cinema ao Ar Livre: “Terra Terra”, de Paola Zerman

Anfiteatro junto ao Centro de Experimentação Artística – Vale da Amoreira

Iniciativa dirigida a maiores de 12 anos

 

4 de julho / 21:30h

Cinema ao Ar Livre: “I Love Kuduro”, de Mário Patrocínio

Anfiteatro junto ao Centro de Experimentação Artística – Vale da Amoreira

Iniciativa dirigida a maiores de 12 anos

5 de julho / 21:30h

Cinema ao Ar Livre

Anfiteatro junto ao Centro de Experimentação Artística – Vale da Amoreira

Iniciativa dirigida a todos os interessados

 

4 e 5 de julho / a partir das 10:30h

“Arte Urbana” – Intervenção em parede de edifício municipal,

Com a participação de Pedro Pinhal e de Ismael Sequeira e Estanislau Neto do Coletivo Cafuka

Avenida José Almada Negreiros (junto à Biblioteca do Vale da Amoreira)