O ciclo de conferências sobre a reabilitação urbana e os centros históricos teve mais duas sessões, no passado dia 24 de abril. No auditório da Galeria Municipal falou-se dos projetos de reabilitação da Baixa Pombalina de Lisboa e da importância do planeamento comercial na regeneração das cidades.

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, relembrou que “os desequilíbrios resultantes da aceleração da urbanização das cidades, a necessidade de coesão social da nova população e os impactos do abandono do centro da cidade trouxeram a primeiro plano a complexidade da gestão urbana das cidades”, acentuando que “uma política urbana tem de ser capaz, num quadro dinâmico, de qualificar a cidade e alargar as faculdades de integração social e cultural da sua população”.

O primeiro orador foi João Pedro de Campos, arquiteto, que já colaborou como atelier associado com Álvaro Siza e Gonçalo Byrne. Recentemente, João Pedro Falcão de Campos recebeu o prémio da AICA/SEC de Arquitetura 2013, atribuído pela Associação Internacional de Críticos de Arte e pela Secretaria de Estado da Cultura.

O premiado arquiteto apresentou os projetos que desenvolveu no edifício do Banco de Portugal e no percurso pedonal assistido da Baixa ao Castelo, tendo realçado a importância da “arquitetura estar ao serviço das cidades e das pessoas” e a necessidade de um planeamento integrado e multidisciplinar na reabilitação das cidades.

Pedro Guimarães, geógrafo e investigador do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa, substituiu João Barreta que, por impedimento de última hora, não conseguiu estar presente.

O planeamento comercial em Portugal: entre as medidas reativas e a necessidade de uma gestão integrada foi o tema da conferência de Pedro Guimarães.

Dos programas iniciais de apoio ao comércio como o Urbcom, aos novos programas como o Comércio Investe, o geógrafo falou dos desafios da gestão integrada dos centros urbanos na perspetiva de proporcionar aos centros históricos fatores de atratividade, atividade e acessibilidade.

Partilhe esta notícia