O Município de Grândola ocupa o 34º lugar no ranking nacional do Índice de Transparência Municipal. De acordo com os dados divulgados hoje pela Transparência e Integridade, Associação Cívica representante portuguesa da ONG anticorrupção Transparency International, a Câmara Municipal presidida por António Figueira Mendes melhorou de forma bastante significativa a sua pontuação em relação ao ano passado subindo 48 lugares no ranking nacional.

 

Ao nível do distrito o Município Grândola ocupa o primeiro lugar da tabela com 81,94 pontos seguido por Palmela (66,2) e é o terceiro melhor classificado do Alentejo. O Índice de Transparência Municipal (ITM) mede o grau de transparência das Câmaras Municipais através de uma análise da informação disponibilizada aos cidadãos nos sites dos 308 municípios. O ITM é composto por 76 indicadores agrupados em sete áreas.

 

De referir que Grândola, obteve a pontuação máxima em quatro das sete áreas avaliadas: Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos, Relação com a Sociedade, Contratação Pública e Transparência Económico-Financeira.