O Município do Barreiro (detentor de 6,62% do capital da AMARSUL) solicitou à Presidência da Mesa da Assembleia Geral da AMARSUL a convocação de uma assembleia-geral com o objetivo de apreciar e deliberar sobre o aumento de capital da empresa. Esta Assembleia está marcada para a próxima sexta-feira, dia 20 de junho.

A realização desta Assembleia, também solicitada pelo Município do Seixal, tem em conta o facto de o Estado pretender alienar a sua participação na Empresa Geral de Fomento, detentora de 51% da AMARSUL, S.A., e por consequência, isso consistir numa violação dos Estatutos desta última (nomeadamente o facto de a entidade não permanecer maioritariamente pública).

A Assembleia, marcada para o dia 20 de junho, terá como ordem de trabalhos deliberar sobre o aumento do capital da sociedade que vise o cumprimento do número 6 do artigo 6.º dos estatutos, ou seja, “caso as ações da classe A possam, pela ocorrência de qualquer facto, passar a representar uma percentagem do capital social com direito a voto inferior à referida no n.º2, a sociedade deverá proceder previamente a um aumento de capital social por emissão dessa classe de ações, de forma a garantir o cumprimento daquele rácio.”

 

 

Fonte: CMBarreiro

Partilhe esta notícia