Face à possibilidade do encerramento do balcão do Millenium BCP, a Comissão de Freguesia de Alhos Vedros do Partido Comunista Português manifesta a sua firme oposição a esta intenção.

A população da Freguesia de Alhos Vedros vê-se a partir do dia 1 de Junho confrontada com a decisão da Administração do BCP, de encerrar o único banco na Freguesia, oferecendo uma pseudo alternativa nos balcões de Baixa da Banheira a 2km e da Moita a 4km.

A Comissão de Freguesia de Alhos Vedros do PCP considera absolutamente condenável esta medida que coloca em causa o bem-estar das populações, privando mais de 15.000 habitantes a um serviço público de proximidade.

Enquanto os trabalhadores e as populações, o comércio e as instituições locais vão gerindo a sustentação mínima do seu dia-a-dia, o BCP, que toma esta decisão, teve 603 milhões de lucros nos últimos dois anos, acompanhando a banca em geral, que acumula enormes lucros.

Apelamos à população da Freguesia de Alhos Vedros que não se resigne,  que conteste esta decisão e que nos acompanhe na defesa deste importante serviço.

Alhos Vedros, 25 de Maio de 2020

A Comissão de Freguesia de Alhos Vedros do PCP