O Centro de Artes de Sines recebe, entre 21 de fevereiro e 18 de maio, a exposição “Só a Arte é Útil”, com pintura, escultura e ilustração de Norberto Nunes.

A exposição é inaugurada no dia 21 de fevereiro, às 17h00, com a presença de Norberto Nunes e intervenções artísticas pelo Teatro do Mar e Escola das Artes do Alentejo Litoral.

Na sinopse da exposição, lê-se:

“Fernando Pessoa, Universo, Christian Andersen, Bibliotecas, Guerreiras, Sementinhas. Óleo, tela, acrílico e resina. Pintura e ilustração. Na escultura, materializam-se peças que aliam – para lá da criatividade do autor – Carroll, olarias de Barcelos e caretos de Podence. Leem-se realidades tão díspares como o pensamento pessoano, a imagética de Andersen, ambientes bibliófilos e mulheres de má reputação. Da ilustração infantil, o trabalho de mestria e paciência – de carinho, ao fim e ao cabo -, retocado a 3D, traz um outro Norberto, não menos fantasioso mas mais focado no real, preocupado com o comunicar, com o diálogo criança-adulto.

Norberto faz o que é e mostra de onde vem. Do que é, destaca-se a série Universo, que simboliza, com certeza, a tentativa do artista em abarcar o tudo/todo, mesmo sabendo que tal empresa é impossível. Mas, não desistindo – nunca desistindo -, representa-o. Desta saciedade de vida que caracteriza o autor nasce a coleção que agora se apresenta no Centro de Artes.

Também o seu percurso profissional ressalta das suas obras: quem sempre se movimentou na indústria criativa, trabalhando os mais diversos produtos e serviços sob as mais variadas formas, nunca se poderia cingir a um só tema, a uma só expressão plástica, a um só material. A sua arte é Pessoa – e faz jus à personagem ficcional e real -, pois apresenta-se em diversos heterónimos artísticos.”

Norberto Nunes nasceu em 1942, em Pedrógão Grande. Tirou o curso de pintura na Escola de Artes Decorativas António Arroio, em Lisboa, sendo simultaneamente aluno do mestre pintor Roberto de Araújo na Sociedade Nacional de Belas Artes. Na década de 70 inicia o seu percurso profissional na área da publicidade e, em 1977, funda a Nova Imagem, empresa dedicada à criação / produção de filmes publicitários, com a qual conquista inúmeros prémios nacionais e internacionais – um Leão de Prata em Cannes é disso exemplo. Em 1998, Norberto inicia o seu percurso na pintura, dedicando uma parte importante da sua obra à figura de Fernando Pessoa.

A exposição pode ser visitada todos os dias, entre as 14h00 e as 20h00, com entrada livre.

Partilhe esta notícia