Tendo sido veiculadas opiniões em órgãos de comunicação social acerca da localização do novo aeroporto no Montijo, com a intenção de interpretarem erradamente as palavras do presidente da Câmara Municipal do Montijo, impõem-se os seguintes esclarecimentos:

 

  1. Desde que a intenção do Governo passou a ser a expansão do atual aeroporto de Lisboa, o presidente da Câmara Municipal do Montijo apoiou a localização do novo aeroporto civil no Montijo, no estrito cumprimento dos interesses do seu município. Desse facto tem dado público conhecimento a todos os montijenses.

 

  1. No interesse dos montijenses, o presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, defende um desenvolvimento sustentável para o território, aquele que salvaguarda o ambiente e os recursos naturais, por isso, acompanha as preocupações do Senhor Primeiro Ministro, António Costa, manifestadas durante o último debate parlamentar quinzenal.

 

  1. No caderno de encargos apresentado oportunamente pela Câmara Municipal do Montijo, o presidente da Câmara manifestou a necessidade de novas infraestruturas para garantir as ligações entre o novo aeroporto e a cidade. Caderno de encargos que, infelizmente, o anterior Governo do PSD e do CDS-PP não reconheceu no memorando que apresentou, num inadmissível desrespeito pelo Montijo.

 

  1. Assim, perante os factos, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, não poderia, em consciência, assinar um memorando que prejudicava objetivamente o Montijo.

 

  1. Até à assinatura do novo memorando, entre o Estado Português e a concessionária, que decide a localização do novo aeroporto no Montijo, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, só se pronuncia sobre os efeitos esperados deste grande investimento nacional.

 

  1. O presidente da Câmara, Nuno Canta, reitera a sua clara opção pela localização do novo aeroporto no Montijo e assegura a todos os montijenses que continuará a defender neste processo de investimento nacional os interesses da sua terra.

 

Montijo, 10 de fevereiro de 2017

O Gabinete da Presidência

Partilhe esta notícia